Prefeitura de Lucas do Rio Verde lança campanha 21 Dias de Ativismo

Edição de 2023 promove ações para debater o fim da violência contra as mulheres

Fonte: Ascom Prefeitura/Maíra Matos

(Foto: Ascom Prefeitura/Patricia Pires)
(Foto: Ascom Prefeitura/Patricia Pires)

A Prefeitura de Lucas do Rio Verde, por meio da Secretaria de Assistência Social e Habitação, lançou nesta terça-feira (21) a campanha 21 Dias de Ativismo, mundialmente realizada com foco no fim da violência contra a mulher. Uma coletiva de imprensa concedida com a secretária da Pasta, Janice Ribeiro, abriu os trabalhos para divulgar a programação.

“A campanha tem o objetivo de conscientização das consequências causadas por agressões físicas, psicológicas, entre outras na sociedade. Os temas são trabalhados o ano todo, mas essas datas são muito importantes para reforçar que as políticas públicas para combater e proteger as vítimas existem”, explicou Janice Ribeiro.

O período do movimento tem início em 20 de novembro, quando se celebra o Dia Nacional da Consciência Negra, e se encerra no dia 10 de dezembro, com o Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Em Lucas do Rio Verde, a programação foi estendida, se iniciando no dia 08 de novembro, com abordagem sobre os tipos de violência obstétrica no grupo de gestantes das Unidades Básicas de Saúde. Além disso, uma palestra sobre igualdade racial aconteceu no dia 10.

[Continua depois da Publicidade]

Encontro com vítimas de violência doméstica, panfletagens, rodas de conversa com alunas dos aulões de dança do Viva Lucas, oficina de valorização da identidade negra, estão inclusas para esta edição da campanha de 2023.

As ações no município luverdense contam com parceria do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Associação de Mulheres em Busca de Cidadania, Rede de Enfrentamento à Violência Contra Mulher de Lucas do Rio Verde e forças de segurança.

A programação completa pode ser conferida no anexo da matéria.

Origem
Iniciativa criada em 1991, quando mulheres de diferentes países, reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres, iniciaram uma campanha com o objetivo de promover o debate e denunciar as várias formas de violência contra as mulheres no mundo. A data é uma homenagem às irmãs Pátria, Minerva e Maria Teresa, conhecidas como Las Mariposas, assassinadas em 1961 por integrarem a oposição ao regime do ditador Rafael Trujillo, na República Dominicana.

[Patrocinado]
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal! Notícias em primeira-mão e informações de bastidores sobre o que acontece em Mato Grosso.