Desafios e peculiaridades semelhantes aproximam produtores de soja e milho e pecuaristas de Mato Grosso

Fonte: Assessoria

AGRICULTURA E PECUÁRIA
LAVOURA E PECUÁRIA - ARTE CENÁRIOMT

“Temos mais assuntos em comum do que imaginamos”, diz Lucas Costa Beber, presidente da Associação de Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), sobre a atividade do cultivo de grãos e a pecuária. O apontamento foi feito durante o evento Acricorte, da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) em Cuiabá.

O primeiro ponto em comum é a baixa das commodities, que é um desafio tanto para a soja quanto para a carne, indicou o presidente. Em seguida vem a questão da regularização fundiária e a segurança jurídica das propriedades, complementou.

Lucas Costa Beber lembrou que a chegada da soja em Miritituba estimulou a produção no Norte de Mato Grosso ajudando economicamente muitas propriedades, onde antes só era viável a pecuária, e incentivou o cultivo da soja e do milho. Nesse sentido, o presidente lembrou que a logística também é uma questão que traz desafios ao agronegócio e seus variados ramos, para a exportação da produção.

“Aproveito esse momento para parabenizar o governador Mauro Mendes e o vice-governador, Otaviano Pivetta, pelo trabalho em prol da logística. Mas esse é assunto que, apesar de termos evoluído, ainda é preciso fazer muito”, disse.

Para Lucas Costa Beber, um outro desafio em comum é a comunicação da sustentabilidade do agro, não só para a sociedade mato-grossense, mas também do País e do mundo. Nesse ponto, avaliou o presidente, que pecuaristas e produtores rurais podem ser mais que parceiros e somar na abertura de mercado que viabiliza melhores preços para o setor.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O presidente da Acrimat, Oswaldo Pereira Ribeiro Júnior, destacou que há uma linha muito tênue entre a lavoura e a pecuária, uma vez que muitos pecuaristas são produtores de grãos e vice-versa.

“Os produtores de grãos produzem o que precisamos para a nutrição dos nossos animais. É importante as entidades estarem juntas, participando das mobilizações e trabalhando junto nas demandas”, pontuou.

É formado em Jornalismo. Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre política, economia e esporte regional.