Recém-contratados, Mano Menezes e Oswaldo de Oliviera têm em comum vasta experiência, que estará à prova no duelo de logo mais, às 21h, na arena do Verdão,  em Sao Paulo.

Os donos- da-casa trocaram Felipão por Mano Menezes. “É um jogo atrasado (16ª rodada) e se pontuarmos com os três pontos, podemos diminuir a diferença para os líderes”, projeta o Menezes que estreou no último sábado (7), com uma vitória de virada sobre o Goiás, por 2 x 1, com gol aos  55 minutos do segundo tempo. “A vitória passa por acreditar até o final”, completou orgulhoso.


Continua depois da publicidade

Já Oswaldo de Oliveira, quebrou na última rodada (18ª) uma sequêcia negativa de resultados do Fluminense.  Após  perder para o Avaí, por 1 x 0, em pleno Maracanã, no último dia 2, venceu o confronto no sábado (7): superou o Fortaleza, por 1 x 0,  fora de casa. O treinador de 68 anos herdou o trabalho do ex-técnico Fernando Diniz, que revelou vários jogadores da base do tricolor carioca, como João Pedro. “Eles são um pouco diferentes, o Oswaldo pede pra gente ser mais agressivo, finalizando em vez de ficar com a posse de bola”, analisou o jovem atacante de 17 anos.

Enquanto o Palmeiras detém a terceira posição da tabela com 33 pontos, o Fluminense abre o pelotão do rebaixamento no 17ª lugar. Mas hoje à noite, em caso de vitória, o tricolor carioca pode empurrar o Cruzeiro para a zona da degola: os quatro ultimos colocados caem para a série B.

-Continua depois da publicidade ©-

“O nosso grupo está sem medo nenhum do rebaixamento. A gente sabe da nossa força. É entrar em campo e dar o nosso melhor”, frisou João Pedro, que desde que virou profissional já marcou 10 gols em 24 partidas.





-Patrocinador-