Servidores da educação de Lucas do Rio Verde reclamam que guerra entre Executivo e Legislativo aumenta crise e torna greve inevitável

Para SINTEP, falta de diálogo entre Poderes gera desgaste desnecessário e aumenta pressão por greve

0
Foto: Prefeitura Municipal de Paranapanema - Estado de São Paulo

A presidente do SINTEP, sindicato que representa os servidores públicos da educação em Lucas do Rio Verde, Tânia Jorra, afirmou, em entrevista exclusiva no início da tarde de hoje (12) ao jornalismo do CenárioMT, que a crise na educação e a pressão por uma greve total da categoria vem sendo agravada pela falta de diálogo entre os Poderes Executivo e Legislativo do município.
Em sua opinião, a greve total, marcada para ter início na próxima quinta-feira (14), se torna cada vez mais iminente, não pela má vontade dos servidores, mas porque Prefeitura e Câmara negam-se um acordo e tampouco chamam os grevistas para uma negociação.
Nós sempre estivemos dispostos à negociação, mas nenhum dos outros dois lados parece muito interessado em sentar-se com a categoria neste momento. Isso é ruim para todos (…) ficam trocando farpas através da imprensa e criam este clima de espera que desgasta toda a sociedade”, comentou a presidente do SINTEP.
Durante a última sessão ordinária do Legislativo, a vereadora Cristiane Dias (PT), que também é professora, chamou a atenção para aquilo que caracterizou como “muito falar e pouco dialogar”, fazendo direta referência ao embate entre os Poderes municiais e à incapacidade dos envolvidos em chegarem a um acordo para evitar “o mal maior, que seria a paralisação das aulas por tempo indeterminado”.
TORRE DE BABEL – O vereador Jaime Floriano (PDT) caracterizou o descompasso entre as negociações sobre o reajuste e a votação do Projeto do RGA como “uma verdadeira Torre de Babel, onde ninguém se entende. Soltamos uma nota informando que os temas na pauta de reivindicações dos servidores seriam votados hoje, mas não serão”, fazendo nova alusão à retirada do desarquivamento do Projeto das votações do dia.

  Polícia: brigas de casais movimentam o fim de semana em Lucas do Rio Verde


1 COMENTÁRIO

  1. Olha, só quem e professor pra sentir na pele a perseguissao e a humilhação que temos que passar, em anos isso nao ocorria, precisa que o alguém vá a fundo e veja realmente quem está organizado essas baixarias, e o que nos forçam fazer (nós professores), é humilhante e ninguém de lá tem coragem de enfrentar esses urubus que a anos nao largam a carniça .

  2. será que é falsa a fala do vereador jaime
    “uma verdadeira Torre de Babel, onde ninguém se entende. Soltamos uma nota informando que os temas na pauta de reivindicações dos servidores seriam votados hoje, mas não serão”
    pois uma senhora e seu marido andam divulgando por ai que essa noticia é falsa.
    Faz me rir, basta escutar as sessões e a tv que ta tudo por la mesma merda que ta escrito aki. Parece ate que são petistas

  3. Olha, esse Callai e essa Tania que ficam se bicando não merecem os cargos que tem, um deve ter ganhado os votos comprando e a outra basta conversar com quem é professor que vai falar o que ela é capaz..

  4. Agora concordo com a presidente do PT Tania, a noticia é falsa mesmo, no titulo diz que Servidores da educação reclamam, e na verdade na noticia é só politiqueiros que estão reclamando. nenhum professor… :))

  5. Querem um conselho.. manda embora quem nao quer trabalhar, sindicato sempre foi pra enrolar e mentir, prefeito e vereadores nao vai mexer em nada, entao gente.. bora dar aula que os alunos estão parados

  6. pra acaba isso.. o mal maior ta ai na cara pra nós ver. Prefeito e Presidente da Camara, dois *W@!(&ˆ%$). só servem pra atrapalharem o andamento das coisas. O dia de vocês estão contados, vai ver a lavada na próxima campanha… a nao ser que voltem a comprar esses miseráveis que pegam troco por voto.

| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui