21.9 C
Lucas do Rio Verde
segunda-feira, 12 abril, 2021
InícioMUNDOSe estado de São Paulo fosse um país, estaria em 11º lugar...

Se estado de São Paulo fosse um país, estaria em 11º lugar em ranking mundial de mais óbitos por Covid-19

Por G1 SP

Após bater um novo recorde diário com o registro de 1.209 novas mortes por Covid-19 nesta terça-feira (30), o estado de São Paulo ultrapassou a marca de mais de 73 mil óbitos pela doença. O número total de 73.492 mortes é maior que o registrado por 226 países, de acordo com balanço da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Caso o estado de São Paulo fosse uma nação, estaria em 11º lugar no ranking mundial de países com maiores números absolutos de mortes por Covid-19. Veja a tabela abaixo:


--Continua depois da publicidade--

O total registrado por São Paulo é 32% maior que o da Argentina, país que tem população semelhante ao estado brasileiro com cerca de 46 milhões de habitantes.

O número de novas mortes por Covid-19 está em forte tendência de alta no estado de São Paulo há 29 dias seguidos. Março se tornou o pior mês da epidemia antes mesmo de terminar, já no dia 23. Até então, julho de 2020 era o mais letal.

No último dia 21, houve registro de aglomeração de familiares de mortos que esperavam a chegada dos caixões com os corpos no cemitério Vila Formosa, na capital.

Recorde na média diária de mortes

Nesta terça, a média diária de novos óbitos bateu novo recorde ao atingir o valor de 696, número 65% maior do que o registrado há 14 dias.


--Continua depois da publicidade--

Como o cálculo da média móvel leva em conta um período maior do que o registro diário, é possível medir de forma mais fidedigna a tendência da pandemia. Durante o primeiro pico da doença, em 2020, os maiores valores de média móvel de mortes não passavam de 280 por dia.

A média móvel de novos casos confirmados também foi a maior já registrada desde o início da epidemia. Foram 16.377 novos casos em média nesta terça, valor 22% maior que o de 14 dias.

Com mais de 31 mil pacientes internados com suspeita ou confirmação de Covid-19 em toda rede pública e privada, o estado também enfrenta pressão intensa no sistema de saúde. A taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) é de 92%.

Ao menos 230 pessoas morreram na fila por um leito de UTI na Grande São Paulo.


Dayelle Ribeirohttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

MAIS DENÚNCIAS
Relatório mostra aumento de denúncias relacionadas a covid-19, diz Guarda Municipal
abril 12, 2021
PODER LEGISLATIVO
Lucas do Rio Verde: Indicação sobre titular na Secretaria de Cultura gera impasse na Câmara
abril 12, 2021