32.6 C
Lucas do Rio Verde
domingo, 25 outubro, 2020
Início MUNDO Projeto define regras para patente de produtos contra coronavírus

Projeto define regras para patente de produtos contra coronavírus

A proposta estabelece prazos fixos para análises no INPI e permite o aproveitamento de patentes estrangeiras
Por Redaçao CenarioMT com inf. Ag camara

O Projeto de Lei 3556/20 regulamenta o registro de patentes de inovações relacionadas ao combate ao novo coronavírus, como medicamentos e vacinas. Entre outros pontos, a proposta fixa prazos para análise no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) e permite o aproveitamento de patentes estrangeiras.

O texto é do deputado Lucas Gonzalez (Novo-MG) e altera a Lei de Patentes e a lei das medidas para enfrentar a pandemia (13.979/20).

Gonzalez afirma que o projeto, em análise na Câmara dos Deputados, busca resolver um gargalo do processo de reconhecimento de patentes no Brasil, que é a demora na análise dos pedidos feitos por empresas ou pesquisadores. Na China, segundo o parlamentar, o processo não ultrapassa 24 meses. “Já em território nacional, o prazo de espera é de quase 10 anos”, diz o deputado.

Para ele, a pandemia de Covid-19 torna essa situação insustentável. “Há, portanto, necessidade urgente de adaptarmos a legislação para salvaguardar o direito de cientistas e empreendedores que têm se dedicado a encontrar soluções para o coronavírus”, afirma.

Novos prazos
Para isso, o projeto prevê prazos fixos para análises no INPI. As principais regras são:

– o exame preliminar do pedido de patente será realizado em até 20 dias, prazo que também será concedido ao depositante (o que requer a patente) para que realize eventuais retificações. Hoje não há prazo;

– em caso de descumprimento do prazo de 20 dias, o depositante terá direito a desconto de 10% sobre o pagamento da retribuição, taxa cobrada pelo INPI, e o responsável pelo atraso será responsabilizado;

– o exame técnico do pedido de patente deverá ser requerido pelo depositante em até 60 dias após o depósito no INPI. O prazo atual é de até 36 meses;

– o sigilo de 18 meses do pedido de patente, previsto na lei, será mantido apenas em caso de expressa anuência do depositante;

– a resposta do depositante a parecer desfavorável do INPI ao pedido de patente deverá ser analisada em até 90 dias.

Patente no exterior
O projeto de Gonzalez determina ainda que patente concedida a organização internacional ou a país que mantenha acordo com o Brasil será reconhecida sem a necessidade de tramitação de pedido no INPI.

Para isso, o depositante deverá informar ao órgão sobre a existência de pedido em outra localidade e o interesse em validar o registro no Brasil.

O deputado afirma que o aproveitamento de patente estrangeira contorna o problema da falta de pessoal no INPI. “A delonga na concessão da patente é resultado também do número reduzido de pessoas que realizam a análise. Aumentar o contingente, neste momento, é inviável. Assim, como solução, nossa proposta é aproveitar as avaliações feitas no exterior”, diz o parlamentar.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Reportagem – Janary Júnior
Edição – Pierre Triboli



© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas

Covid-19: identificação biométrica não será exigida nas Eleições 2020

As eleições de outubro de 2020 marcam 12 anos do início da adoção da biometria no processo eleitoral brasileiro. No pleito deste ano, contudo,...

Avó flagra marido estuprando a neta de 11 anos em Mato Grosso

Um homem de 39 anos foi preso na sexta-feira (23) por estuprar a neta de criação de 11 anos no município de Cáceres (225...

Dupla é presa com carreta roubada carregada de soja em MT

Policiais militares da 3ª Companhia de Paranatinga (a 373 km de Cuiabá) prenderam neste sábado (24.10) dois homens por roubo, na zona rural da cidade....

Ronaldinho Gaúcho testa positivo para coronavírus

O ex-jogador Ronaldinho Gaúcho confirmou no início da tarde deste domingo (25) que testou positivo para o novo coronavírus (covid-19). O anúncio foi feito...