28.4 C
Lucas do Rio Verde
domingo, 25 outubro, 2020
Início MT: Centro de Valorização da Vida recebe doação de cartilhas sobre a...
Array

MT: Centro de Valorização da Vida recebe doação de cartilhas sobre a prevenção ao suicídio

Por CENÁRIOMT

Como forma de apoiar as ações do Setembro Amarelo promovidas pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), a Assembleia Social repassou, para a organização em Cuiabá, 500 exemplares de cartilhas de prevenção do suicídio. Pela parceria, o CVV repassou o conteúdo e o braço social da ALMT responsabilizou-se pela impressão.

A Organização Mundial da Saúde aponta que há um suicídio no mundo a cada 40 segundos. Mais que isso, a cada dois segundos alguém pensa em tirar a própria vida (a chamada ideação suicida). No Brasil, o suicídio é a segunda principal causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos, atrás apenas de acidentes de carro.

Falar sobre suicídio é tabu na sociedade, pois há um entendimento de que pode incentivar novos casos. No entanto, a orientação é conversar abertamente sobre prevenção, sobre formas de identificar a pessoa em sofrimento e oferecer ajuda e atendimento profissional, sobre acolhimento. E evitar comentar casos específicos da tragédia, bem como não mencionar métodos.

“Precisamos falar sobre suicídio, mas de forma preventiva, amorosa, estendendo a mão a quem precisa, contribuindo para que aquela pessoa encontre significado em sua vida”, ressaltou a diretora da Assembleia Social, Daniella Paula Oliveira. “E, sempre que pudermos contribuir institucionalmente, seguiremos de portas abertas”, garantiu, se dirigindo ao voluntário do CVV, Ormar Capistrano.

“Essa parceria é muito importante para nós, uma vez que essa temática é cada vez mais recorrente em nosso país”, agradeceu Ormar. As cartilhas serão distribuídas nas palestras a serem ministradas pelo CVV. “A gente distribui para os participantes ficarem com um material de apoio”, explica.

O CVV é uma associação nacional filantrópica, reconhecida como de Utilidade Pública Federal desde 1973, e mantida apenas por doações, pois não recebe recursos públicos. Os voluntários são treinados para acolher chamados de pessoas em sofrimento emocional e psicológico, com a finalidade de ouvir, acalmar e orientar as medidas cabíveis. Quem precisar de ouvidos atentos, ligue 188.



Dayelle Ribeirohttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT
- Publicidade -

Últimas

EUA registram os 2 dias com mais infectados por Covid-19 desde o início da pandemia

Os Estados Unidos registraram os dois dias mais infectados por Covid-19 desde o início da pandemia, de acordo com dados da Universidade Johns Hopkins. No sábado (24), foram notificados 83.718...

Projeto tipifica como crime de responsabilidade divulgação de fake news por político

Os crimes de responsabilidade são passíveis da pena de perda do cargo com inabilitação, por até cinco anos, para o exercício de qualquer função...

Projeto isenta de crime político que distribuir bens durante calamidade

O Projeto de Lei 1524/20 isenta de crime ou infração penal, eleitoral ou fiscal administrativa os agentes políticos que distribuírem gratuitamente bens, valores ou...

Proposta prevê indenização e pensão vitalícia para familiares de brigadistas

O Projeto de Lei 4926/20 assegura pensão vitalícia aos cônjuges ou companheiros de brigadistas que atuam no Centro Nacional de Prevenção e Combate aos...