22.7 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 15 abril, 2021
InícioESPORTESNo Brasileiro Sub-18, Fluminense conquista primeiro da história do seu futebol feminino

No Brasileiro Sub-18, Fluminense conquista primeiro da história do seu futebol feminino

Goleira do Flu defendeu quatro penalidades e foi principal destaque do Tricolor na conquista inédita.
Por CenárioMT com inf. CBF

A conquista do Brasileiro Feminino Sub-18 2020 representa muito para o Fluminense. Além de coroar o trabalho feito nas categorias de base do Tricolor, o título é o primeiro na história do futebol feminino do Flu. As Guerreiras venceram a competição após superarem o Internacional na final deste sábado (20), no Beira Rio, em Porto Alegre.

Retomado após as mudanças nas regras de licenciamento para fomentar o desenvolvimento da modalidade, em 2019, o futebol feminino do Fluminense vem fazendo um trabalho bem estruturado, para crescer gradativamente. Após a conquista do Brasileiro Feminino Sub-18, a Gerente de Futebol Feminino do Fluminense, Amanda Storck, valorizou a importância deste tipo de trabalho e do resultado para o crescimento da modalidade.


--Continua depois da publicidade--

“Estamos fazendo história. Levamos o primeiro título para o futebol feminino do Fluminense. É um projeto que a gente vem desenvolvendo desde 2018, com a obrigatoriedade do futebol feminino. Tem sido muito importante esse desenvolvimento, principalmente da base. Aí, também glorificar termos competições de base, o Brasileiro Sub-16, a segunda edição do Sub-18. É muito importante para que a gente possa desenvolver cada vez mais atletas para o futebol feminino”, destacou.

O sábado foi histórico para o futebol feminino do Fluminense. No início da tarde, o Tricolor disputou a final do Campeonato Carioca com o Botafogo, mas foi derrotado por 2 a 0. À noite, com transmissão para todo o país no Sportv, as Meninas de Xerém se superaram para conquistar o título. Depois de perder por 4 a 1 no tempo normal, elas bateram o Internacional nos pênaltis.

Além da evolução do futebol feminino no Fluminense, Amanda Storck ressaltou que o mais importante é ver a modalidade crescer como um todo no país. Na segunda edição de uma nova competição de base, o Brasileiro Feminino Sub-18, o Flu reforçou seu papel como clube formador de talentos, contribuindo para o desenvolvimento das Meninas de Xerém e do nosso futebol.

“Uma coisa que eu costumo falar é que acima do Fluminense está a modalidade, o futebol feminino. Esse título vem coroar o desenvolvimento da base. O projeto é esse. A gente continuar colocando cada vez mais meninas nas Seleções de base, como temos colocado na Sub-20 e na Sub-17. E continuar com esse trabalho de desenvolvimento e formação de atletas. As Meninas de Xerém estão aí”, finalizou Amanda.


--Continua depois da publicidade--

- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

NOVO DECRETO
Em vídeo, Miguel Vaz fala sobre novo decreto e pede atenção da sociedade para prevenção a covid-19
abril 15, 2021
GERAL
Moradora de Lucas do Rio Verde ganha R$ 10 mil no sorteio do Programa Nota MT
abril 15, 2021