Paulo Guedes critica PT

0

O ministro da economia, Paulo Guedes, defendeu, em evento do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), no Rio de Janeiro, que não adianta forçar o crescimento do país.

Guedes afirmou que o Brasil cresceu artificialmente nos anos de 2009 e 2010, durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“Bota os juros mais baixos, bota o governo para criar mais emprego, rápido. Depois sabemos o que acontece. Inflação foi embora para dois dígitos, começou a confusão. Brasil caiu, teve impeachment. Então, não adianta forçar.”

Segundo ele, é melhor crescer menos do que crescer artificialmente. “É melhor, se for o caso, crescer mais baixo. Investe mais em educação, saúde, saneamento. Crescer mais rápido […] não acontece também, sem fazer esses investimentos. É um crescimento artificial“, disse o ministro.

Leia também: Resultado das loterias de hoje (18/09/2020)


Amazonia 03 de Junho