Manifestantes fazem ato em Brasília perguntando ‘quem mandou matar Marielle Franco’

0
Foto: Nicole Angel/ G1

Um grupo de pessoas fez um protesto durante a tarde desta quinta-feira (31), em Brasília, perguntando “quem mandou matar Marielle Franco”. A vereadora do PSOL foi assassinada junto com o motorista Anderson Pedro Gomes, na noite de 14 de março de 2018, no Rio de Janeiro.

Com cartazes e uma placa com o nome de Marielle, os manifestantes diziam querer respostas sobre o crime. Entre os participantes, na maioria mulheres, estudantes e representantes de movimentos sociais do Distrito Federal.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

O ato começou na Rodoviária do Plano Piloto e seguiu, pelo Eixo Monumental. Duas faixas da pista chegaram a ser ocupadas pelos manifestantes.

“Mesmo após mais de um ano da sua execução, ainda não descobrimos quem mandou matar Marielle Franco. Felizmente descobrimos quem matou, mas e quem mandou matar?”, questionava a estudante da Universidade de Brasília (UnB), Gardênia Alves Santos ao microfone.


-Continua depois da publicidade ©-

Isabela Santos, do Coletivo Marielle Vive disse que o ato também era contra o machismo. “O que a gente, mulheres, sofremos, é o que Marielle sofreu. O machismo mata”, afirmou.

“Ninguém achou que quando ela morresse, ela ia fazer mais barulho do que quando ela tava aqui. Esse é o poder da sociedade”, apontou Isabela.

A manifestação terminou por volta das 20h, sem incidentes.