Corrida Outubro Rosa/Novembro Azul reúne 320 participantes em Lucas do Rio Verde

Prova foi aberta para competidores de ambos os sexos com idade mínima de 15 anos

0
(Foto: Esporte e Lazer/Edivaldo Rios)

Os atletas luverdenses Luciano Gonçalves Cordeiro e Antonia de Willian Carvalho Ferreira, com os tempos de 15’24 e 18’12, respectivamente, foram os ganhadores da Corrida Outubro Rosa/Novembro Azul, realizada no final da tarde de sábado, 26, com o objetivo de apoiar as campanhas de prevenção ao câncer de mama e de próstata.

Ao todo, 320 competidores participaram da prova. No Masculino Geral,  completaram o pódio, por ordem de chegada, Diego Guimarães, de Lucas do Rio Verde, e Ozéias da Silva Rodrigues, de Juara, em terceiro lugar. No Feminino Geral, a segunda colocada foi Maria de Nazaré de Souza Silva, de Cláudia, e Maria do Rosário Ferreira, de Lucas do Rio Verde, ficou com a terceira colocação.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

Com largada e chegada na rotatória do Paço Municipal, a corrida com percurso de 5 quilômetros foi promovida pela Prefeitura de Lucas do Rio Verde, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, e aberta para competidores de ambos os sexos com idade mínima de 15 anos.

Responsável pela buzinada que serviu como sinal de partida, o prefeito Luiz Binotti declarou que a inovação de incluir o Novembro Azul na terceira edição da Corrida Outubro Rosa foi sugerida por ele aos organizadores para que também apoiassem a campanha desenvolvida todos os anos pela Secretaria Municipal de Saúde para prevenir o câncer de próstata da mesma forma que já vinha sendo feito em relação ao câncer de mama.


-Continua depois da publicidade ©-

“Estão de parabéns todos os competidores, do primeiro ao último colocado. Pouco importa a maneira como as pessoas participam da prova, se correndo para valer, com o objetivo de chegar em primeiro lugar, ou se apenas completando o percurso para se exercitar e ajudar a promover a prevenção de uma doença que está entre as que mais matam homens e mulheres”, observa.

Perto de fazer 70 anos, Maria das Graças Reis, de Barra do Garças, vibrou com a conquista do segundo lugar entre as competidoras de sua faixa etária, com o tempo de 30’21 para completar o percurso. “Este não foi o meu melhor tempo. Corri melhor em Nova Mutum, na semana passada”, avalia a atleta que acumula um sem-número de medalhas e já participou de várias provas internacionais.

Na opinião do coordenador geral da prova, professor Luciano Bauer, a competição foi um sucesso mesmo sem ter a premiação como um dos principais atrativos. “Apesar dos prêmios em dinheiro serem pouco significativos, tivemos a participação de atletas profissionais de várias partes do estado e de um grande número de amadores. A Corrida pela Preservação da Água é a nossa principal competição e tem os melhores prêmios. As demais, como esta daqui, são provas organizadas com o intuito de promover a saúde ou outras ações do Executivo”, destaca.

A competição distribuiu prêmios em dinheiro e medalhas para os três primeiros colocados de todas as categorias da competição: Geral Masculino e Feminino: 15 anos ou mais (todos os inscritos concorriam); Masculino e Feminino “A”: 15 a 39 anos (nascidos de 01 de janeiro de 1980 a 26 de outubro de 2004); Masculino e Feminino “B”: 40 a 49ª nos (nascidos de 01 de janeiro de 1970 a 31 de dezembro de 1979); Masculino e Feminino “C”: 50 a 59 anos (nascidos de 01 de janeiro de 1960 a 31 de dezembro de 1969); Masculino e Feminino “D”: 60 anos ou mais (nascidos até 31 de dezembro de 1959).

O pagamento da inscrição no valor de R$ 30,00, mais a taxa de boleto, dava direito ao kit de atleta, que incluía camiseta, número de peito e chip de cronometragem.

Confira a classificação aqui.