Jogo da Liga das Nações movimentará economia da Capital

0
Foto por: Federação Internacional de Vôlei (FIVB)

A etapa da Liga das Nações de Voleibol, que acontecerá em Cuiabá nos dias 21, 22 e 23 de junho, além de incentivar a prática esportiva pela grande visibilidade que possui, trará impactos socioeconômicos positivos, avalia o secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), Allan Kardec.

“Acreditamos que uma das melhores formas de lidar com a crise atual é por meio de investimentos em ações que possam gerar renda, movimentando muitos setores. E confiamos que essa parceira para trazer um grande evento esportivo mundial vai ajudar a economia do Estado”, afirmou em coletiva nesta quinta-feira (13).

O secretário falou ainda sobre os recursos para a efetivação da parceria que propiciou a realização dessa etapa brasileira da competição internacional na capital mato-grossense.

“A Federação Mato-grossense de Volei fez uma proposta viável, a CBV atendeu nosso apelo e reduziu bastante o valor final, apresentamos ao governador a possibilidade de pagamento com recursos Fundo de Desenvolvimento Desportivo do Estado, ligado à receita da loteria esportiva. É um recurso pequeno que nos últimos anos foi mal utilizado, mas que faz muita diferença na nossa gestão, que tem nos ajudado a assegurar o fomento ao esporte em Mato Grosso, como proporcionar o acesso da população ao que há de melhor no voleibol mundial e a realização dos Jogos Escolares”.

Para monitorar o impacto econômico do evento, a Secel providencia um projeto de pesquisa “in loco” durante as partidas, inaugurando uma nova fase de gestão das atividades em que os resultados poderão ser melhor avaliados. Após a finalização do projeto, o relatório será colocado à disposição da sociedade.

O Ginásio Aecim Tocantins

Para atender as exigências de uma competição de nível internacional, o ginásio Aecim Tocantins, um dos equipamentos da Secel e que integra o Complexo Arena Pantanal, ganhou uma série de serviços e reparos. Redes elétrica e hidráulica, vestiários, forros, cabines de TV, placar eletrônico, iluminação e itens de segurança, como extintores, hidrantes, detectores de fumaça e sinalização de rota de fuga, receberam manutenções que asseguram o atendimento das necessidades elencadas pela CBV.

“A parte funcional do ginásio ficou em perfeitas condições. E isso é um legado do evento”, assegurou o secretário adjunto da Secel, Jefferson Carvalho Neves.

Além dos reparos, foi necessário o dobro da configuração de iluminação no ginásio para receber os jogos da Liga das Nações. “Até pouco tempo a recomendação era de luminância de um mil lux, mas os níveis exigidos aumentaram para dois mil lux. Por isso, tivemos que fazer adaptações. E isso também acabou sendo bom porque vamos mostrar ao mundo que temos um ginásio de alto nível e que continuará sendo um dos atrativos para que Cuiabá receba grandes competições”, esclareceu Allan Kardec.

Conforme o superintendente da CBV, Renato D’Ávila, o ginásio ficará com padrão olímpico.

Na etapa das Liga das Nações realizada em Cuiabá participam as seleções masculinas de voleibol do Brasil, Bulgária, Alemanha e Rússia.

“O Brasil lidera a competição, com excelentes performances lá fora, com certeza teremos boas partidas nas etapas brasileiras, em Cuiabá e em Brasília. A primeira delegação a chegar em Cuiabá será a Rússsia, no dia 17. As delegações do Brasil, Bulgária e Alemanha chegam no dia 18, em horários diferentes. Os treinamentos das equipes serão sempre no ginásio, a partir do dia 18”, detalhou Renato D’Ávila durante a coletiva.

Os ingressos para as partidas em Cuiabá já estão sendo vendidos pela internet a R$ 25 (meia) e R$ 50 (inteira) para arquibancada e de R$ 35 (meia) e R$ 70 (inteira) para cadeira. A partir de sexta-feira, 14, as vendas também serão feitas na bilheteria do ginásio Aecim Tocantins, das 10h às 18h, de segunda a sábado.

“O ingresso é válido para os dois jogos que haverá por dia, sendo um às 17h e outro às 20h”, lembrou Renato.

Para o presidente da FMTV, Nicanor Lopes Filho, o apoio da Secel foi fundamental para que Cuiabá recebesse um evento de porte mundial. “Agradecemos a confiança e o trabalho da Secretaria e do Governo do Estado. Não somente por possibilitar o acesso da população mato-grossense a esse grandioso evento que é a Liga das Nações de Volei, mas também por todas as ações que têm ajudado a ressuscitar o esporte em Mato Grosso”.

Participaram do encontro além do secretário da Secel, Allan Kardec, o secretário adjunto de Esportes e Lazer da Secel, Jefferson Neves, o presidente da Federação Mato-grossense de Voleibol (FMTV), Nicanor Lopes Filho e o superintendente da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), Renato D’Ávila.
Tabela de jogos

21.06 (sexta-feira)
Alemanha x Rússia: 17h (horário local)
Brasil x Bulgária: 20h (horário local)

22.06 (sábado)
Bulgária x Rússia: 17h (horário local)
Brasil x Alemanha: 20h (horário local)

23.06 (domingo)
Alemanha x Bulgária: 17h (horário local)
Brasil x Rússia: 20h (horário local)

Ingressos
Arquibancada: R$ 25 a R$ 50
Cadeira: R$ 35 a R$ 70
Vendas: www.tudus.com.br ou na bilheteria do Ginásio Aecim Tocantins