O prefeito me incumbiu de implantar um novo ciclo na saúde de Cuiabá, afirma Possas

0

A primeira semana como secretário municipal de Saúde de Cuiabá foi bastante intensa para o também procurador-geral do Município, Luiz Antônio Possas de Carvalho. Além da visita ao Pronto Socorro e posterior assinatura de medidas emergenciais para a unidade, o novo secretário reuniu-se com os secretários adjuntos da Pasta para apresentar-se e alinhar a metodologia de trabalho.

Participaram da reunião os secretários adjuntos de Gestão, Flavio Taques, de Planejamento e Operações, Milton Correa da Costa Neto e de Assistência em Saúde, Luiz Gustavo Palma. Além dele, também estiveram presentes o diretor administrativo do Hospital São Benedito, Oseas Machado, o diretor técnico do Pronto Socorro, Douglas Dolce, o diretor de Gestão do Pronto Socorro, Andrey Lago, o superintendente da Central de Regulação, João Milanez, e o assessor técnico de Gestão da Central de Regulação, Cleiton Miranda.


Continua depois da publicidade

O novo secretário disse que a Saúde é o principal gargalo do município atualmente e que o prefeito Emanuel Pinheiro está trabalhando como nunca nenhum outro gestor municipal trabalhou em prol de solucionar os problemas deste segmento. “Estamos fazendo um esforço hercúleo para abrirmos o novo Pronto Socorro dentro do prazo estipulado pelo Governo Federal, de acordo com o programa Desafio Chave de Ouro. Além disso, vamos pensar e colocar em prática estratégias para melhorar a Atenção Básica e a Secundária. Vamos aproveitar essa mudança de página na secretaria para fazermos tudo o que tiver ao nosso alcance no sentido de melhorar os serviços de saúde para a nossa população. E para isso conto com o empenho de cada um dos senhores aqui presentes”, comentou Possas.

Ele falou ainda que gosta de trabalhar de maneira transparente, sempre prestando contas para a sociedade por meio da imprensa e que está aberto para escutar e analisar todas as ideias que os secretários adjuntos e diretores quiserem expor. O secretário abriu a palavra para os presentes, que fizeram uma rápida explanação de suas pastas e expuseram algumas questões mais urgentes a serem resolvidas.

-Continua depois da publicidade ©-

Possas ouviu todos e marcou novas reuniões, segmentadas, para discutir os problemas de modo pontual. “Sempre que quiserem as portas do meu gabinete estarão abertas para recebê-los e estarei pronto para ouvi-los. Peço apenas que cumpram as demandas que forem determinadas para os senhores. Quero trabalhar em sinergia, com uma equipe coesa. Da minha parte terão todo o respaldo que precisarem”, finalizou.

 





-Patrocinador-