Corinthians é superado pelo Cruzeiro e fica com o vice da Copa do Brasil

Próximo compromisso do Alvinegro é neste domingo (21), em Salvador, contra o Vitória, pelo Brasileirão

0
Nesta quarta-feira (17), o Corinthians foi superado pelo Cruzeiro por 2 a 1, na Arena Corinthians, e ficou com o vice-campeonato da Copa do Brasil de 2018. Jadson anotou, de pênalti, o único gol alvinegro na partida.
O clube do Parque São Jorge fez 8 partidas pela Copa do Brasil, com 4 vitórias, 2 empates e 2 derrotas. Ao longo da competição, foram 8 gols marcados e 5 sofridos. Em enquete realizada no Facebook, Cassio e Fagner foram escolhidos os melhores jogadores do campeonato.
Timão escalado
O Corinthians começou a partida decisiva com: Cássio, Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Gabriel, Jadson, Emerson, Jonathas e Romero. À disposição, iniciaram: Walter, Marllon, Pedro Henrique, Vilson, Carlos, Thiaguinho, Douglas, Danilo, M. Vital, Sergio Diaz, Clayson e Pedrinho.
Primeiro tempo 
O jogo começou com marcação forte das duas equipes e o Timão com mais posse de bola, buscando espaço entre os defensores do Cruzeiro. Aos 20 minutos, Jonathas recebeu pela esquerda da área, fez o pivô e rolou para Jadson, que chutou prensado na zaga.
Em seguida, após saída errada da zaga alvinegra, o Cruzeiro abriu o placar na Arena. Aos 35, a melhor chance do clube do Parque São Jorge na primeira etapa: Jadson cobrou falta pela direita, Henrique cabeceou e a bola passou raspando o gol de Fábio.
Aos 43, Romero tentou a finalização da entrada da área, mas a bola foi desviada para escanteio.
Segundo tempo
Logo aos 5 minutos, Ralf foi derrubado por Thiago Neves na área. Após consultar o VAR, a arbitragem anotou o pênalti para o Corinthians. Jadson cobrou no canto, com categoria, e empatou a partida.
Aos 17 minutos, Romero cruzou e Jonathas desviou de cabeça, mas a bola foi para fora. Na sequência, Jonathas deu lugar à Pedrinho. Três minutos depois de entrar, o camisa 38 aproveitou bola rebatida e bateu com categoria, de fora da área, marcando um golaço. A arbitragem, porém, anulou o gol, após revisão com o VAR e indicação de falta de Jadson no lance que originou a jogada.
Jair Ventura, então, colocou Clayson no lugar de Sheik e Vital no lugar de Gabriel. Aos 36 minutos, em contra-ataque, Arrascaeta fez o segundo gol do Cruzeiro, dando números finais ao jogo.
Próximo jogo
O Corinthians volta a campo no domingo, em Salvador, contra o Vitória, às 16h, pelo Brasileirão.
  Com pênalti controverso, Brasil vence Uruguai por um a zero




| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui