Galo vence o Cruzeiro e é líder do Brasileirão

0

O Atlético é o novo líder do Campeonato Brasileiro, com 13 pontos. Neste sábado, a Massa Alvinegra fez a festa na Arena Independência, em Belo Horizonte, com a vitória por 1 a 0 sobre o Cruzeiro.
O clássico foi válido pela 6ª rodada do Brasileirão e o gol da vitória atleticana foi marcado pelo atacante Róger Guedes, aos 15 minutos do segundo tempo.
Na próxima rodada, o adversário será o Flamengo, sábado (26/5), novamente no Horto.
O JOGO
O Atlético tomou a iniciativa da partida e teve as primeiras oportunidades em cruzamentos de Fábio Santos e Luan, cortados pela defesa. Aos sete minutos, Luan cruzou pela direita e Róger Gudes concluiu de primeira, à direita do gol.
Aos dez minutos, Emerson cruzou pela direita e Ricardo Oliveira cabeceou para fora. Em seguida, o camisa 9 arriscou de fora da área e o chute saiu sem direção.
O Galo quase marcou aos 13 minutos, quando Fábio Santos ganhou lance confuso na área e finalizou rente à trave. No ataque seguinte, Elias cruzou pela direita e o goleiro Fábio saiu do gol para interceptar a jogada.
Aos 29 minutos, Ricardo Oliveira recebeu lançamento de Emerson pela direita e chutou cruzado para a defesa de Fábio. Dois minutos depois, Ricardo Oliveira sofreu falta perto da área, ele mesmo fez a cobrança e mandou por cima do gol.
Adilson tomou a bola no ataque, aos 42 minutos, e tocou para Ricardo Oliveira chutar cruzado para fora.
O Atlético voltou para o segundo tempo com a mesma formação. Aos três minutos, Mancuello cometeu falta sobre Elias, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.
O Galo foi ao ataque no cruzamento de Emerson pela direita, cortado pela zaga rival. Aos sete minutos, Victor fez boa defesa no chute e Bruno Silva.
Cazares arriscou de fora da área, aos 12 minutos, e Fábio fez a defesa. Logo depois, Luan foi substituído por Otero.
Aos 14 minutos, depois de boa troca de passes no ataque, Otero recebeu na entrada da área pela direita e finalizou em cima do goleiro.
O Massa soltou o grito de gol no Horto aos 15 minutos. O lance começou com boa tabela entre Cazares e Elias e, na sequência, Ricardo Oliveira tocou para Róger Guedes dividir com o zagueiro e mandar a bola para o fundo da rede: Galo 1 x 0.
 
Embalado pelo gol, o Galo quase ampliou no chute sem ângulo de Elias, defendido por Fábio. Aos 20 minutos, Otero cobrou escanteio fechado pela direita e o zagueiro afastou o perigo na pequena área.
Róger Guedes cruzou rasteiro pela esquerda, aos 24 minutos, e o zagueiro conseguiu a interceptação. Em seguida, Fábio Santos cruzou com perigo também pelo lado esquerdo, mas a defesa rival fez o corte novamente.
Elia tentou enfiada de bola para Ricardo Oliveira, em lance pela direita, e o goleiro chegou à bola antes do camisa 9.
Aos 28 minutos, Otero cruzou rasteiro pela direita e Ricardo Oliveira se atirou para tentar o desvio, mas não alcançou a bola.  Aos 36, em nova chance alvinegra, Róger Gudes pegou a sobra de fora da área e chutou por cima do gol.
Elias deixou o campo para a entrada de Matheus Galdezani, aos 37 minutos. Em contra-ataque pela esquerda, Róger Guedes recebeu passe de Cazares, invadiu a área e foi desarmado ao tentar o drible. Aos 41, Otero arriscou de fora da área, por cima do gol.
Aos 44, Róger Guedes cruzou pela esquerda e Otero cabeceou para a defesa de Fábio. No minuto seguinte, Alerrandro entrou no lugar de Ricardo Oliveira.
O Galo seguiu firme na marcação, tocou bem a bola e, aos gritos de olé, assegurou importante vitória sobre o rival para assumir a ponta do Brasileirão.
FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO 1 x 0 CRUZEIRO
Motivo:
Campeonato Brasileiro (6ª rodada)
Data: 19/05/2018
Estádio: Arena Independência
Cidade: Belo Horizonte (MG)
Gol: Róger Guedes (15’/1ºT)
Público: 15.384
Renda: R$629.360,00
Árbitro: Raphael Claus (FIFA/SP)
Auxiliares:
Marcelo Carvalho Van Gasse (FIFA/SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA/SP)
4º árbitro: Luiz Alberto Andrini Nogueira (CBF/SP)
Assistentes adicionais: Thiago Duarte Peixoto (CBF/SP) e Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (CBF/SP)
Cartões amarelos: Emerson, Adilson, Elias (Atlético); Mancuello, Bruno Silva (Cruzeiro)
Cartão vermelho: Mancuello (Cruzeiro)
Atlético
Victor; Emerson, Gabriel, Bremer, Fábio Santos, Adilson, Elias (Matheus Galdezani), Luan (Otero), Cazares, Róger Guedes, Ricardo Oliveira (Alerrandro). Técnico: Thiago Larghi.
Cruzeiro
Fábio, Ezequiel, Manoel, Murilo, Marcelo Hermes, Ariel Cabral, Bruno Silva, Robinho (Vitinho), Mancuello, Raniel (Sassá), Rafael Sóbis (Arrascaeta). Técnico: Mano Menezes.

  Marta defende esporte como ferramenta em busca da igualdade de gênero

| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui