Médico alerta para o aumento de mortes de jovens obesos com covid-19

0

Na última semana, a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) revelou que nas Américas, três em cada 10 pessoas, ou seja, quase 325 milhões, correm um maior risco de ficar gravemente doente e até morrer com a covid-19 devido suas condições de saúde pré-existentes.

Em Cuiabá, segundo o médico da Família Werley Peres, o crescente registro de mortes de jovens obesos pela covid chama atenção. “Muitos pacientes jovens que estão falecendo não têm hipertensão ou diabetes, mas têm obesidade e Cuiabá é uma das capitais com maior índice de obesidade do Brasil”, observou.

A úlitma Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas, por Inquérito Telefônico (Vigitel), aponta que Cuiabá é a Capital mais obesa do Brasil, com 55% da população acima do peso e 23% obesa. De acordo com o Ministério da Saúde, esse número só vem aumentando nos últimos anos. “Sim, a obesidade é um fator preponderante na questão da letalidade e mortalidade e está colaborando significativamente para essa doença”, assinalou Peres.

O médico lembra que a hipertensão e o diabetes geralmente estão relacionados à obesidade, Assim, as pessoas com excesso de peso e obesas devem redobrar os cuidados e o controle da alimentação em meio a essa pandemia. Mesmo porque a obesidade é uma doença crônica que causa inflamação, dificultando as defesas do organismo dos pacientes ao vírus.

Como é um vírus novo, ele explica que até os especialistas ainda não têm certeza de nada. “É aquela velha história: nós estamos aprendendo a trocar o pneu do carro com ele andando. É o que a gente está vivendo, vivendo uma pandemia, tentando dar tratamento, estudando ao mesmo tempo e esperando a ciência dar as respostas”.

Obesidade

Para a Organização Mundial da Saúde, a pessoa é considerada obesa quando seu Índice de Massa Corporal (IMC) é maior ou igual a 30 kg/m2 e a faixa de peso normal varia entre 18,5 e 24,9 kg/m2. Os indivíduos que possuem IMC entre 25 e 29,9 kg/m2 são diagnosticados com sobrepeso e já podem ter alguns prejuízos com o excesso de gordura.

Cálculo IMC

O índice é calculado da seguinte maneira: divide-se o peso do paciente pela sua altura elevada ao quadrado.

Leia também: Resultado das loterias de hoje (20/09/2020)


Amazonia 03 de Junho