20.7 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 10 abril, 2021
InícioMUNDOMais de 400 famílias de baixa renda recebem moradias no Distrito Federal

Mais de 400 famílias de baixa renda recebem moradias no Distrito Federal

Cerca de 1,7 mil pessoas são beneficiadas com apartamentos nos residenciais Crixá IV e V, localizados em São Sebastião
Por CenarioMT

Mais unidades habitacionais do programa Casa Verde e Amarela foram entregues pelo Governo Federal a pessoas de baixa renda. Nesta segunda-feira (5), 435 famílias do Distrito Federal receberam apartamentos em cerimônia que contou com a participação do Presidente Jair Bolsonaro.

Cerca de 1,7 mil pessoas são beneficiadas com as moradias dos residenciais Crixá IV e V, localizados em São Sebastião, cidade que fica a 23 quilômetros do centro de Brasília. O investimento federal no empreendimento foi de R$ 53,7 milhões.


--Continua depois da publicidade--

“Conversava com dona Ivonete, que recebe depois de 20 anos de inscrição sua casa própria. Imaginar o que isso representa para ela e para sua família é muito difícil para qualquer um de nós, porque é uma realidade completamente distinta, mas é uma realidade comum a milhões de brasileiros espalhados por todo o território nacional” comentou o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

Ivonete Lobo dos Santos, 54 anos, morava em uma construção no lote que pertence à mãe e agora se mudará com o filho de 15 anos para o apartamento. Ela contou que, como o filho tem necessidades especiais, eles foram contemplados com um apartamento no primeiro andar e adaptado. “No banheiro, tem toda a adaptação para ele.”

Maria Astrogilda Maia de Freitas também recebeu um apartamento. Ela é dona de casa e o marido está desempregado. O casal está morando na casa dos pais de Maria, que faleceram, e ela contou com entusiasmo que agora viverá no que é seu. “Isso foi esperado por muitos anos. Quarenta anos esperando. Agora é arrumar o que tem que arrumar e mudar para nossa casa.”

Moradias entregues

O Conjunto Habitacional Crixá teve duas etapas entregues nesta segunda-feira e conta com o total de sete etapas com 1.904 moradias. Dessas, 800 habitações já foram entregues à população.


--Continua depois da publicidade--

Os apartamentos têm 47,65 metros quadrados com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. No condomínio, há um centro comunitário, playground, jardins e bicicletário.

Balanço

Em 2020, de acordo com o Ministério do Desenvolvimento Regional, foram entregues 415 mil unidades habitacionais por todo o Brasil, sendo 52,3 mil para famílias de baixa renda. Assim, mais de 1,66 milhão de pessoas alcançaram a casa própria.

A expectativa é que, neste ano, sejam entregues mais de 420 mil e, até 2023, concluídas mais de 500 mil unidades por ano.

Também em 2020, foram retomadas 30 mil unidades que estavam paralisadas e poderão contemplar 120 mil pessoas.

“Estivemos, no ano passado, conversando com todas as associações ligadas à construção civil, estabelecemos os protocolos para permitir que os trabalhadores tivessem segurança no exercício de suas funções. Isso preservou quase quatro milhões de empregos”, afirmou o ministro.


Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Gosta de economia, assistir séries, filmes de ação e gosta de videogames. Editor no CenárioMT nos cadernos de Economia e Mundo, mas nem por isso deixa uma notícia regional em branco, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

POLÍCIA
PM recupera produtos furtados e dois são conduzidos em Lucas do Rio Verde
abril 09, 2021
SAÚDE
Com registro de 02 novos óbitos Lucas do Rio Verde chega a 108 mortes por Covid-19
abril 09, 2021