25.2 C
Lucas do Rio Verde
terça-feira, 03 agosto, 2021
InícioMUNDOCidades do Tocantins começam a mandar 'sommelier de vacina' para o fim...

Cidades do Tocantins começam a mandar ‘sommelier de vacina’ para o fim da fila de imunização contra Covid

Algumas cidades do estado começaram a adotar a orientação da Secretaria de Estado da Saúde (SES) para mandar para o fim da fila as pessoas que tentarem escolher qual vacina contra o coronavírus tomar, os chamados ‘sommelier de vacinas’. Esse é o caso das cidades de Arraias, no sudeste do estado, e Colméia, na região centro-norte.

“Essas pessoas, conforme orientação da imunização estadual, deverão aguardar até que toda a comunidade seja imunizada para que então possam ter a opção de escolher o tipo de vacina que queiram ser imunizados”, explicou o secretário de saúde de Arraias, Cléber de Paula.

Em Colméia, segundo o secretário de saúde, Vinícius Souza Martins, pelo menos 5% dos grupos querem escolher a vacina e por isso a cidade está tendo dificuldades em avançar na imunização.


--Continua depois da publicidade--

“Agente precisa fechar os grupos e algumas pessoas estão escolhendo vacina. O índice que a gente pretende vacinar de pessoas era mais alto, só que a demanda está pequena por causa da escolha. Hoje mesmo eu tive que fazer uma ligação pessoalmente para um paciente que se recusou e tive que ligar para explicar que ele só vai entrar agora ao final dos grupos”, disse.

 

A orientação para enviar essas pessoas para o fim da fila foi dada pela superintendente de Vigilância em Saúde, Perciliana Joaquina Bezerra de Carvalho, na última quarta-feira (7). “A orientação que nós estamos dando para os municípios é quem estiver escolhendo ir para o final da filha”, disse.

A Prefeitura de Araguaína, segunda maior cidade do estado, disse que ainda não recebeu formalmente essa orientação. Em Palmas, o município está avaliando a melhor forma de agir.

Enquanto isso quem perdeu alguém para o vírus tem a certeza de que qualquer imunizante teria feito a diferença. É o caso da Reijane Rodrigues, que não poderá mais contar com o abraço de dois irmãos e da mãe.


--Continua depois da publicidade--

“Se meus irmãos estivessem aqui, se minha mãe estivesse aqui tendo a chance, se estivessem vivos para tomar, eles não iriam escolher. Iriam tomar a que tivesse na vez. Tem gente que fala que não vai tomar por causa da reação, que vai ter reação. Não façam isso! Chegou a sua hora, está na sua idade, vá tomar a vacina. Não escolha, todas elas têm a proteção necessária”, disse a comerciante Reijane Rodrigues.

Porque não escolher vacina

É preciso entender que todas as vacinas disponíveis foram aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e têm eficácia comprovada. Os imunizantes também não são escolhidos aleatoriamente entre os grupos prioritários.

O Ministério da Saúde decide quem vai receber qual dose de acordo com as características de cada fabricante. As grávidas com comorbidades, por exemplo, não podem tomar a AstraZeneca devido à possíveis reações.

Por ter dose única, a Jansse é utilizada em públicos de difícil acesso como caminhoneiros que vivem de rodar o Brasil. Já a Pfizer tem condições específicas de armazenamento e por isso não chega a todas as cidades do estado.

“É muito importante se vacinar, independente da marca disponibilizada. Então, essa escolha de tipo de vacina pode retardar totalmente o processo de imunização. Locais onde as vacinas já avançaram a gente percebe uma redução no número de casos graves e principalmente de mortes”, explicou o médico Alexandre Pimenta.


Rebeca Moraeshttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT, escreve diariamente as principais notícias que movimentam o cotidiano das cidades de Mato Grosso.

Lucas do Rio Verde

ATAQUE DE FURIA
Criança morre após ser atacada por cadela Chow Chow em Lucas do Rio Verde
agosto 03, 2021
FUTSAL
Pela Taça Brasil, Grupo Santos vacila e toma a virada no fim do jogo
agosto 03, 2021
Lucas do Rio Verde
Projeto para castração de cães e gatos em Lucas do Rio Verde está em fase final
agosto 03, 2021
33 anos
Aniversário de Lucas do Rio Verde altera expediente de espaços públicos nesta quinta e sexta-feira
agosto 03, 2021