26 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 21 outubro, 2021
InícioMUNDOBrasil participa de conselho mundial pela vacina contra a Covid-19

Brasil participa de conselho mundial pela vacina contra a Covid-19

Ministro Eduardo Pazuello afirmou que o País estará ao lado de iniciativas que promovam o acesso justo a diagnósticos, tratamentos e vacinas
Por CenarioMT

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, participou nesta quinta-feira (10) da inauguração do conselho da iniciativa Access to Covid-19 Tools (ACT) Accelerator, uma coalizão global lançada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em conjunto com a Comissão Europeia, e integrada por governos de 28 países, para acelerar o fim da crise causada pelo novo coronavírus. O encontro foi por meio de videoconferência.

O objetivo do ACT-Accelerator, que reúne estados, organizações de saúde, empresas e sociedade civil é unir forças para acelerar o fim da crise, apoiando o desenvolvimento e a distribuição de testes, tratamentos e vacinas. Com essas medidas, a expectativa é restaurar a plena atividade social e econômica global, em curto prazo, e facilitar o controle do coronavírus, em médio prazo.


--Continua depois da publicidade--

O Brasil está entre os países com relevante tamanho de mercado no contexto internacional. Nessa mesma categoria, também estão México, China, Estados Unidos, Índia, Indonésia, Rússia e Coreia do Sul.

“Posso dizer com segurança que o Brasil sempre estará ao lado de qualquer iniciativa que promova o acesso justo e equitativo a diagnósticos, vacinas e tratamentos e o fortalecimento de sistemas de saúde”, afirmou Eduardo Pazuello.

O País aderiu ao programa de aceleração em junho. Na avaliação do ministro interino, a iniciativa está alinhada com o posicionamento do Ministério da Saúde quanto ao enfrentamento ao vírus. “Não poderíamos ter decidido de outra forma. Cooperação e solidariedade são princípios consagrados na nossa Constituição, e a iniciativa ACT-Accelerator promove esses princípios”, pontuou.

Junto com outros países, o Brasil estuda a possibilidade de adesão à Covax Facility, mecanismo de promoção de acesso global à vacina contra a Covid-19, criado no marco do ACT-Accelerator. “Caso optemos pela adesão, o Brasil poderá ser o maior contribuinte. Gostaria de concluir colocando à disposição de todos a robusta capacidade de produção de vacinas e experiência do Brasil em oferecer acesso universal a serviços de saúde, incluindo vacinação a toda população brasileira”, afirmou Pazuello durante a videoconferência.


--Continua depois da publicidade--

O Facilitation Council deve se reunir pelo menos uma vez a cada trimestre, com a possibilidade de deliberações adicionais. A videoconferência teve a participação do secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Antonio Guterrez, do diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom, além de presidentes, primeiros ministros e ministros dos demais estados membros do órgão.

Com informações do Ministério da Saúde

© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!

Redes sociais

107,356FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,067SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Lucas do Rio Verde: Cemitério recebe melhorias para feriado de Finados
outubro 21, 2021
Lucas do Rio Verde
PRIMEIRA DOSE - Vacinação Covid-19 para adolescentes de 15 a 17 anos será neste sábado (23)
outubro 21, 2021
Lucas do Rio Verde
Forças de segurança lançam operação com foco na Lei Seca em Lucas do Rio Verde
outubro 21, 2021
Lucas do Rio Verde
Prefeitura e Estado articulam construção de nova escola para Lucas do Rio Verde
outubro 21, 2021