28.7 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 10 abril, 2021
InícioMUNDOBrasil ganha destaque na mídia mundial na semana em que rompeu as...

Brasil ganha destaque na mídia mundial na semana em que rompeu as 300 mil mortes por Covid

Por G1

A imprensa internacional repercutiu com preocupação o gravíssimo momento da pandemia do coronavírus pelo qual o Brasil passa.

Nesta semana, o país atingiu a triste marca de 300 mil mortos por Covid-19. Só os Estados Unidos tiveram mais mortes pela doença — no entanto, graças às medidas de prevenção reforçadas e à rápida vacinação, os números despencaram nos últimos meses.


--Continua depois da publicidade--

Com o temor de que novas variantes atrapalhem o progresso alcançado pelas vacinas já desenvolvidas e que o vírus se espalhe mais ainda pelo mundo, veículos de imprensa alertam que a situação atual no Brasil merece atenção.

Veja abaixo a repercussão internacional do desastre causado pela Covid no Brasil

The New York Times (Estados Unidos)

A reportagem “Um colapso anunciado: como a epidemia de Covid-19 no Brasil sobrecarregou hospitais” ganhou destaque na home do jornal “The New York Times” neste sábado (27).

O texto expõe a situação dos hospitais do Brasil — em especial, de Porto Alegre —e das famílias enlutadas pelas 300 mil mortes por Covid.


--Continua depois da publicidade--

Além disso, a reportagem menciona que o pior momento da pandemia poderia ser evitado se o governo brasileiro tivesse incentivado as pessoas a usarem máscara e praticarem o distanciamento social, ao mostrar pessoas que insistem em negar as descobertas da ciência sobre a pandemia.

CNN (Estados Unidos)

O site da emissora americana CNN também destacou neste sábado que o Brasil tem “sinais de colapso” nos hospitais por causa do descontrole da pandemia.

A reportagem critica o presidente Jair Bolsonaro por falta de uma resposta robusta à crise de saúde, mencionando as brigas políticas do Planalto com governadores que decretaram isolamento mais rígido para tentar conter os números do coronavírus.

Na semana passada, a emissora publicou reportagem em que chamou o Brasil de “ameaça global” pelo descontrole da pandemia, ao considerar o país um território fértil para novas variantes com potenciais escapes às vacinas desenvolvidas.

The Economist (Reino Unido)

Também com destaque na edição para as Américas, o site da revista “The Economist” alerta sobre a variante P1, que vem se tornando dominante no Brasil e que preocupa por se mostrar mais contagiosa e com possibilidade de escape à imunidade natural.

A reportagem também cobra uma resposta do governo brasileiro: “Jair Bolsonaro tem muito o que responder”, diz o texto.

 

Logo na abertura do texto, o repórter escreve sobre a morte por Covid-19 do senador Major Olímpio; como o falecimento do parlamentar levou choque à classe política brasileira — ele foi o terceiro senador a morrer por complicações da doença.

The Guardian (Reino Unido)

O site do jornal britânico “The Guardian” publicou reportagem em que mostra que o Brasil vive “o mês de março mais triste” da vida dos brasileiros e cita as críticas que o presidente Bolsonaro vem sofrendo pela gestão da crise de saúde.

O texto conta a história de profissionais da saúde esgotados com a situação nos hospitais do país, a preocupação com as variantes e a falta de ação coordenada do governo brasileiro para combater a crise sanitária.

Le Figaro (França)

“No Brasil, a epidemia de Covid-19 está fora de controle”, diz o título da reportagem especial do jornal francês “Le Figaro” publicada em 24 de março, logo depois de o país chegar às 300 mil mortes.

A reportagem mostra a situação em hospitais de São Paulo, onde uma possível falta fornecimento de oxigênio preocupava profissionais de saúde. Em outros textos, o jornal também demonstrou preocupação com a variante P1.

Clarín (Argentina)

Também na quarta-feira em que o Brasil chegou a 300 mil mortes, o jornal argentino “Clarín” destacou a fila de quatro horas para enterros nos cemitérios de São Paulo.

“Colapso total”, diz o título da reportagem.

 

A reportagem mostra a gravidade da pandemia no estado mais populoso do país, além de exibir números sobre o agravamento da crise de saúde em todo o país.

 

 


Dayelle Ribeirohttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

SOBRE UM RODA
Lucas: Praticantes cobram definição de espaço para realização de manobras em motos
abril 10, 2021
POLÍCIA
PM recupera produtos furtados e dois são conduzidos em Lucas do Rio Verde
abril 09, 2021