28.3 C
Lucas do Rio Verde
domingo, 16 maio, 2021
InícioMATO GROSSOLUCAS DO RIO VERDEProfissionais de saúde e segurança pública participam de curso de atendimento a...

Profissionais de saúde e segurança pública participam de curso de atendimento a tentativas de suicídio

O objetivo é capacitar os profissionais com aulas teóricas e práticas para intervenção baseada em escuta e diálogo
Por Cenário MT

Profissionais de saúde e segurança pública participaram nesta semana em Lucas do Rio Verde do curso de atendimento a tentativas de suicídio. O objetivo foi capacitar os profissionais para intervenção baseada em escuta e diálogo, além de oportunizar treinamento para abordagem tática, resgate forçado e contenção física quando necessário.

A ideia do curso surgiu durante uma das reuniões da RAPS, a Rede de Atenção Psicossocial de Lucas do Rio Verde, em outubro de 2019, em que se discutia fluxo e abordagem de pacientes em crise ou surto. Na ocasião, onde estavam presentes representantes das forças de segurança do município – Bombeiros, Polícias Civil e Militar e Guarda Municipal – buscando fortalecer a atuação em rede compreendendo a importância da atuação conjunta e, sobretudo, da adequada abordagem dos pacientes, apontou-se a necessidade de uma capacitação para os integrantes da rede – saúde, educação, assistência social, socioeducativo, hospital, segurança, entre outros –, objetivando preparar os profissionais para atuarem nesses momentos de crise e tentativa de autoextermínio.

Ministrado pelo Tenente Coronel do Corpo de Bombeiros do Ceará, José Edir Paixão de Sousa, e pela médica psiquiatra Carla Barbosa Brandão, o curso abordou teoria geral do suicídio, tipos de pensamentos suicidas, principais problemas de saúde mental relacionados ao comportamento suicida, mitos dos usos de medicamentos, aspectos jurídicos sobre suicídio e sua prevenção, além de aulas práticas de abordagem, intervenção, negociações e simulações, etc.

Tenente Coronel do Corpo de Bombeiros do Ceará, José Edir Paixão de Sousa

Dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação, o Sinan, apontam que, em Lucas do Rio Verde, foram registrados até setembro deste ano, dois casos de mortalidade autoprovocada intencionalmente. Em 2019 foram três casos.

Já quanto a tentativas de autoextermínio, em 2020, até o mês passado, haviam sido registrados 38 casos, sendo que em 26 deles o indivíduo já havia tentado tirar a própria vida por mais de uma vez. O enforcamento e o envenenamento ou intoxicação são as formas mais comuns registradas no município luverdense.


- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

SÃO E SALVO
Em ação rápida, bombeiros resgatam cachorro preso debaixo de contêiner em Lucas do Rio Verde
maio 16, 2021
CLASSIFICADO
Grupo Santos volta a vencer Sorriso e garante vaga na próxima fase da Copa do Brasil
maio 16, 2021