Marlon Moraes, lutador dos galos do UFC, afirma estar com Covid-19

0
Foto: Evelyn Rodrigues

O lutador friburguense do UFC, Marlon Moraes, de 32 anos, afirmou estar com Covid-19. De acordo com ele, a esposa também foi contaminada. Já os dois filhos do casal estão bem e sem sintomas. Os dois se recuperam em casa, nos Estados Unidos.

Marlon conta que teve muitas dores pelo corpo, na cabeça, dentro dos olhos, tontura e perda de peso, além da perda no olfato e no paladar.

Desde o início da pandemia, os Estados Unidos superam a marca de 3,11 milhões de casos contabilizados, com 133.209 mortes, segundo a Universidade Johns Hopkins.

Já em Nova Friburgo, cidade onde nasceu, são 705 casos positivos da doença, com 40 óbitos confirmados, de acordo com o último boletim divulgado pela Prefeitura nesta quinta-feira. Ainda de acordo com o boletim, 315 pessoas estão recuperadas.

Marlon ainda fez um alerta pedindo à população que se previna do vírus.

– Estamos nos recuperando. Acho bom alertar a todos, tem que se cuidar – enfatizou.

Última luta

A última luta de Marlon Moraes foi em dezembro do ano passado, na vitória por decisão dividida sobre o brasileiro José Aldo, no UFC 245. Moraes ainda é o número 1 no ranking da categoria dos Galos do UFC, que tem o cinturão vago desde a aposentadoria de Henry Cejudo, em maio. No momento, o friburguense está sem luta marcada.

Leia também: Previsões para o horóscopo do dia de hoje (10/08/2020)


Amazonia 03 de Junho