30.3 C
Lucas do Rio Verde
segunda-feira, 20 setembro, 2021
InícioESPORTESBrasileiros já conquistaram quatro medalhas de ouro durante os Jogos

Brasileiros já conquistaram quatro medalhas de ouro durante os Jogos

Ana Marcela é mais uma atleta que recebe o Bolsa Pódio e conquista o primeiro lugar na competição
Por CenarioMT

O Brasil ganhou nova medalha olímpica de ouro. Dessa vez, foi na maratona aquática. Com 29 anos, a baiana Ana Marcela Cunha nadou por 10 quilômetros em águas abertas, superou as 24 rivais e garantiu o primeiro lugar na modalidade.

Ana Marcela Cunha recebe o Bolsa Pódio, principal categoria do Bolsa Atleta, voltada para quem se posiciona entre os 20 melhores do mundo em suas modalidades. Além disso, possui o suporte da Marinha no Programa de Atletas de Alto Rendimento das Forças Armadas.


--Continua depois da publicidade--

“A gente sabe o quanto é difícil no Brasil e gente ter apoio, ter patrocínios. Já tenho mais de 10 anos com apoio do Bolsa Atleta, então, é algo que realmente fez e continua fazendo a diferença. Queria deixar um grande agradecimento por isso”, disse a campeã olímpica.

“Me preparei muito, acho que como nunca para essa prova. A gente se adaptou muito para a água quente que a gente ia enfrentar aqui, principalmente para esse calor. Uma estratégia foi nadar o máximo possível com um estilo mais tranquilo, mais alongado, menos braçada. Consegui colocar isso em prática que foi muito importante, o desgaste é menor e aí cheguei no final da prova mais inteira, conseguindo colocar tudo o que a gente treinou no momento que eu precisava”, contou Ana Marcela.

Trajetória de sucesso

A atleta tem lugar guardado na história como a maior medalhista de todos os tempos em Campeonatos Mundiais. São 11 pódios, sendo cinco de ouro, dois de prata e quatro de bronze. Ela ainda tem no currículo 33 pódios em Copas do Mundo, sendo 18 ouros, 10 pratas e 5 bronzes, entre diversos outros títulos nacionais e internacionais, como o ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019.

A maratona aquática estreou nos Jogos Olímpicos na edição de 2008, em Pequim, e o Brasil conquistou a primeira medalha em 2016, no Rio de Janeiro, com Poliana Okimoto.


--Continua depois da publicidade--

Bolsa Atleta

No ciclo entre os Jogos Rio 2016 e Tóquio 2021, o Governo Federal Brasileiro investiu de forma direta nos atletas da maratona aquática R$ 2,5 milhões, valor que permitiu a concessão de 100 bolsas.
Em Tóquio, 242 esportistas recebem o Bolsa Atleta, programa de patrocínio do Governo Federal que prevê repasses diretos de recursos. O número representa 80% dos inscritos pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB).
De acordo com o Ministério da Cidadania, o Governo Federal é o maior patrocinador do esporte olímpico e paralímpico no país, com um investimento anual superior a R$ 750 milhões. Nesse valor estão abrigados o tripé que hoje representa a maior fonte de investimento do esporte brasileiro, formado pela Lei das Loterias, Bolsa Atleta e Lei de Incentivo ao Esporte.

Programa de Atletas de Alto Rendimento

Os atletas militares representam 30% da delegação brasileira em Tóquio com mais de 90 esportistas. Segundo o Ministério da Defesa, o programa é integrado por 551 militares atletas em 30 modalidades.
Ao fazer parte do programa, os atletas militares têm os benefícios da carreira que são salário, férias, assistência médica e odontológica, nutricionista e fisioterapeuta. Eles ainda têm à disposição instalações esportivas em organizações militares das Forças Armadas para treinar.

Medalhistas

O Brasil já recebeu 15 medalhas, sendo quatro de ouro, três de prata e oito de bronze. Confira os vencedores.

Medalha de Ouro

– Ana Marcela Cunha – maratona aquática. Recebe o Bolsa Pódio e é integrante do programa de Atletas de Alto Rendimento das Forças Armadas, pela Marinha.

– Ítalo Ferreira – surfe. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.

– Rebeca Andrade – medalha no salto da ginástica artística. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.

– Martine Grael e Kahena Kunze – vela. Recebem o Bolsa Pódio. Kahena Kunze também faz parte do Programa de Alto Rendimento das Forças Armadas, na Marinha do Brasil.


--Continua depois da publicidade--

Medalha de Prata

– Kelvin Hoefler – skate street. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.

– Rayssa Leal – skate street. Com 13 anos, não integra o programa. A idade mínima para fazer parte do Bolsa Atleta é 14 anos.

– Rebeca Andrade – medalha na ginástica artística feminina individual. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.

Medalha de Bronze

– Abner Teixeira – boxe, peso pesado. Recebe o Bolsa Atleta na categoria Internacional e participa do Programa de Atletas de Alto Rendimento das Forças Armadas, no Exército Brasileiro.


--Continua depois da publicidade--

– Alison dos Santos – atletismo: 400 metros com barreiras. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal. Faz parte do Programa de Alto Rendimento das Forças Armadas, na Marinha do Brasil.

– Bruno Fratus – natação, nos 50 metros livre. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.

– Daniel Cargnin – judô, na categoria peso meio-leve, até 66 kg. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal. Faz parte do Programa de Alto Rendimento das Forças Armadas, no Marinha do Brasil.

– Fernando Scheffer – natação, nos 200 metros livre. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal. Faz parte do Programa de Alto Rendimento das Forças Armadas, no Exército Brasileiro.

– Luisa Stefani e Laura Pigossi – dupla de tênis. Luisa Stefani recebe Bolsa Atleta Internacional do Governo Federal.

– Mayra Aguiar – judô, na categoria meio-pesado, de até 78 kg. Recebe o Bolsa Pódio do Governo Federal.

– Thiago Braz – salto com vara. Recebe o Bolsa Atleta na categoria Pódio.

Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Atualmente, trabalha na equipe do portal CenárioMT, produzindo conteúdo sobre economia, esportes e direitos da população brasileira, gosta de assistir séries, filmes de ação e de videogames. Editor também em conteúdos regionais, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.

Redes sociais

107,330FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,037SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

SEGURANÇA
Policia procura por homem que esfaqueou amigo em Lucas do Rio Verde
setembro 20, 2021
DIA DO GAÚCHO
“É importante manter nossa tradição para as próximas gerações”, diz patrão do CTG de Lucas
setembro 20, 2021
Lucas do Rio Verde
Bairro Jaime Seiti Fujii recebe revitalização da sinalização viária
setembro 19, 2021
Lucas do Rio Verde
Sistema Único de Saúde (SUS) completa 31 anos de existência neste domingo
setembro 19, 2021