Servidores que estiveram em áreas com coronavírus trabalharão em casa, determina presidente do TJ

0

O desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha, presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), assinou portaria para que magistrados e servidores do Poder Judiciário em retorno de férias que tenham frequentado regiões atingidas por coronavírus passem 14 dias desempenhando trabalho via teletrabalho (home office).

O fato deve ser comunicado via email, acompanhado de documentos. A portaria segue comunicação da Organização Mundial da Saúde (OMS), que classificou a contaminação por coronavírus caracteriza pandemia.

Conforme informado pela Agência Brasil, o Ministério da Saúde divulgou na manhã desta quinta-feira (12), durante entrevista à imprensa, que há oito novos casos confirmados do coronavírus no Brasil. O número subiu de 52 para 60. Os novos registros são do Paraná (seis casos) e no Rio Gande do Sul (mais dois pacientes).

Atualmente são monitorados 930 casos suspeitos e 947 foram descartados. Do total de casos confirmados, nove (15%) são por transmissão local, quando é possível relacionar o doente a um caso confirmado; e 51 (85%) dos casos são importados, ou seja, de pessoas que viajaram ao exterior.

Os casos confirmados no Brasil estão divididos em nove estados: São Paulo (30), Rio de Janeiro (13), Bahia (dois), Minas Gerais (um), Distrito Federal (dois), Rio Grande do Sul (quatro), Paraná (seis), Alagoas (um), Espírito Santo (um).

Leia também: Resultado das loterias de hoje (20/09/2020)


Amazonia 03 de Junho