30.4 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 24 julho, 2021
InícioCENÁRIO POLÍTICOGOV-MTGloria d’Oeste comemora 54 anos nesta quinta-feira

Gloria d’Oeste comemora 54 anos nesta quinta-feira

São investimentos em infraestrutura (rodovias e equipamentos), saneamento básico (poços de alta profundidade), agricultura familiar (patrulha mecanizada, resfriador de leite e alevinos) e assistência social (cestas básicas, cobertores e ajuda emergencial à população carente)
Por CenárioMT

Glória d’Oeste, no sudoeste mato-grossense, com 3.008 habitantes, distante 308 quilômetros de Cuiabá, comemora 54 anos de fundação nesta quinta-feira, 24 de junho, com parcerias do Governo do Estado em infraestrutura, saneamento básico, agricultura familiar e assistência social.

Está em execução no município, a perfuração e implantação de poços tubulares profundos para captação de águas subterrâneas, pelo Programa Mais MT, ao lado de outros 10 municípios. Investimentos de R$ 6,499 milhões.


--Continua depois da publicidade--

Gloria d’Oeste será um dos 12 municípios beneficiados com a pavimentação de 265,56 quilômetros e construção de cinco pontes de concreto nas MTs 030, 400, 452, 160, 240, 241, 246, 244, 351/240 e 250, cujos serviços de elaboração e revisão dos projetos estão contratados.

Componente do Consórcio Intermunicipal Complexo Nascentes do Pantanal, ao lado de outros 12 municípios, foi beneficiado neste mês de junho com a entrega, pelo Governo do Estado, de uma escavadeira, três motoniveladoras e uma pá carregadeira, para manutenção de rodovias não pavimentadas.

Agricultura familiar – Para atendimento a agricultores familiares, o município recebeu, em 2019, uma patrulha mecanizada, com trator agrícola 4×4, carreta basculante e grade aradora, além de um  resfriadores de leite com capacidade de até mil litros cada.

Por meio da Empaer, em parceria com o Consórcio Complexo Nascentes do Pantanal, foram entregues em maio deste ano, também a agricultores familiares, alevinos de tambacu, tambatinga e pirapitinga. A meta é atender 209 produtores de 14 municípios, num total de 120 mil alevinos. Nesta primeira etapa foram distribuídos 26 mil.


--Continua depois da publicidade--

No final de maio deste ano, o Intermat (Instituto de Terras de Mato Grosso) (Intermat) firmou uma parceria com a prefeitura para regularização fundiária do município. A finalidade é acelerar os levantamentos para o registro cartorário e, consequentemente, a entrega dos títulos de propriedade.

Assistência Social – Por meio da Setasc (Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social), além da recente entrega de 291 cartões do Ser Família Emergencial, foram doados a famílias carentes do município 800 cestas básicas entre 2020 e 2021, pelo programa Vem Ser Mais Solidário, e 252 cobertores, pelo Aconchego.

Saúde e repasses – A SES (Secretaria de Estado de Saúde) repassou ao município 250 testes rápidos para detecção do coronavírus e medicamentos para combatê-lo, num total de 11.075 comprimidos, entre azitromicina (1.362), ivermectina (1.089) e dipirona (8.624), também distribuído em gotas, com 212 frascos.

Entre 2020 e 2021, o Governo do Estado repassou R$ 6,64 milhões aos cofres municipais em ICMS, IPVA e Fethab; R$ 368,18 mil em assistência social e transporte escolar entre 2019 e 2020; e R$ 735,78 mil em fundos de saúde entre 2019, 2020 e 2021.

Economia – Segundo o IBGE, em 2018 os setores de agropecuária, com R$ 26,045 milhões, e administração pública (R$ 22,367 milhões) responderam por 69,5% do Produto Interno Bruto (PIB) municipal, de R$ 69,63 milhões. Serviços (R$ 13,599 milhões), impostos (R$ 4,044 milhões) e indústria (R$ 3.576 milhões) fecham a soma. O PIB per capita é R$ 22.868,45

No mesmo ano, 44 empresas ou organizações ativas pagaram, entre salários e outras remunerações, R$ 7,934 milhões a 353 pessoas (11,6% da população), das quais 312 assalariados. Media de 2,3 salários mínimos mensais.

Décimo-primeiro produtor estadual de melancia (900 toneladas) e 15º de cana-de-açúcar (207,06 mil toneladas, avaliadas em R$ 16,58 milhões) em 2019, segundo o IBGE, Gloria d’Oeste produziu ainda banana, laranja, mandioca e milho.

Detém ainda um rebanho bovino com 102,57 mil cabeças, das quais 663 vacas ordenhadas com 1,163 milhão de litros de leite; rebanho galináceo com 15,68 mil cabeças, 1.880 galinhas com 11 mil dúzias de ovos; 2.824 suínos (730 matrizes), 1.581 ovinos, 1.377 equinos, 339 bubalinos, além de uma produção de  60,3 toneladas de peixe em cativeiro.


--Continua depois da publicidade--

História – Fundada em24 de junho de 1967, tem origem na ocupação por colonos paulistas. A primeira denominação foi Cruzeiro d’Oeste, uma referência ao encontro de duas estradas, em forma de cruz, onde surgiu o povoado. O nome foi sugerido por padres vindos de Cáceres.

A partir da década de 1970, passou a receber forte fluxo migratório, com inúmeras famílias vindas de diversas partes do país. Como distrito, esteve subordinado a Mirassol d’Oeste

Elevado a município em dezembro de 1991, não pôde adotar oficialmente o nome Cruzeiro d’Oeste, por existir um homônimo no Paraná. Um plebiscito decidiu por Glória d’Oeste.

 


--Continua depois da publicidade--
© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Lucas do Rio Verde: desrespeito às interdições pode comprometer qualidade de asfalto
julho 24, 2021
Mato Grosso
Construção da ferrovia que vai ligar Rondonópolis a Cuiabá e Rondonópolis a Nova Mutum e Lucas do Rio Verde é destaque nacional
julho 24, 2021