22.7 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 15 abril, 2021
InícioCENÁRIO POLÍTICOGOV-MTCâmeras devem ser implantadas nos postos de fiscalização da Sefaz em 2021

Câmeras devem ser implantadas nos postos de fiscalização da Sefaz em 2021

Sistema diminui tempo de espera para verificar notas e evita parada de caminhões nos postos
Por CenárioMT

A implantação da fiscalização eletrônica através do monitoramento por câmeras é a principal alternativa para melhorar o atendimento e diminuir o tempo de espera dos motoristas nos postos fiscais da Secretaria de Fazenda. Essa é a avaliação do secretário adjunto de Administração Fazendária, Kleber Geraldino do Santos, depois da visita ao Posto Fiscal Josafá Jacob, o último dos cinco visitados por ele. Antes da pandemia foram vistoriados os postos de Alto Araguaia, Barra do Garças, Serra do Cachimbo e do Rio Correntes.

O projeto de fiscalização eletrônica através da instalação de câmaras, já está em fase final e deverá entrar em operação a partir de 2021, nos postos de fiscalização que a Sefaz opera, localizados na divisa de Mato Grosso com outros Estados.


--Continua depois da publicidade--

Pesquisas apontam que um caminhoneiro que vai de Sorriso, no Norte de Mato Grosso, até o porto de Paranaguá (PR) com uma carga de soja, fica em média seis horas parado nos postos fiscais existentes em todo o trajeto.

 

“Com a implantação das câmeras e a fiscalização eletrônica ou tempo de permanência do motorista nos postos será o menor possível. E na maioria dos casos, essa parada não mais será necessária”, explica o secretário adjunto e Administração Fazendária.

Mal posicionado


--Continua depois da publicidade--

Kleber Santos esteve no Posto Fiscal Josafá Jacob, na divisa de Mato Grosso com Rondônia (730 km de Cuiabá), verificando a situação as condições de trabalho dos servidores e atendimento aos motoristas. Nele são fiscalizadas as mercadorias que se destinam à Rondônia, Acre e Amazonas.

 

O Posto Josafá Jacob, também conhecido por 12 de Outubro, em razão do rio que passa nas proximidades, foi instalado em 1988 no lado direito da BR 174, no sentido Norte-Sul. Esse posicionamento obriga os motoristas que vão aos Estados do Norte do país fazerem um retorno na rodovia para estacionarem no pátio do Posto Josafá Jacob, o que causa demora e aumenta os riscos de acidentes para trafega na área.

No final de 2018, com recursos do Profisco I, foram feitas reformas nas áreas de atendimento aos motoristas, escritório, alojamento e restaurante dos servidores que trabalham em regime de escala e plantão. No ano passado, com apoio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT, foram realizadas obras emergenciais de melhoria no pavimento do pátio de estacionamento e na área de acesso ao posto.

Acompanhado pelo supervisor do posto, Gilberto Colonese, e do agente de tributos estaduais (ATE), Sidney ‘Peninha’ de Almeida, Kleber Santos, vistoriou as partes internas e externa do Posto Josafá Jacob.

“As condições de atendimento e trabalho estão muito boas, mas precisamos resolver a questão do fluxo dos caminhões, reduzindo o tempo de espera para verificar as notas ou mesmo evitando essa parada. A solução mais viável aqui  e nos outros postos é mesmo a fiscalização eletrônica, com os veículos sendo monitorados já nas entradas de Mato Grosso. E já estamos trabalhando nisso”, disse Kleber Santos.


© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

NOVO DECRETO
Em vídeo, Miguel Vaz fala sobre novo decreto e pede atenção da sociedade para prevenção a covid-19
abril 15, 2021
GERAL
Moradora de Lucas do Rio Verde ganha R$ 10 mil no sorteio do Programa Nota MT
abril 15, 2021