23.9 C
Lucas do Rio Verde
domingo, 16 janeiro, 2022
Publicidade
InícioCENÁRIO AGROAção Pró-Amazônia lança instituto para promover negócios sustentáveis em Mato Grosso

Ação Pró-Amazônia lança instituto para promover negócios sustentáveis em Mato Grosso

negócios sustentáveis em Mato Grosso
Por CenárioMT

Ação Pró-Amazônia lança instituto para promover negócios sustentáveis em Mato Grosso

Atrair grandes empresas para investimentos e parcerias com negócios sustentáveis: esse é o objetivo do Instituto Amazônia+21, uma iniciativa da Ação Pró- Amazônia – que congrega as federações de indústrias da região – com a participação da Confederação Nacional da Indústria (CNI). A Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt) realiza o lançamento oficial do Instituto no estado nesta quinta-feira, 30, a partir das 8h.


--Continua depois da publicidade--

O Amazônia+21 está sob a gestão do presidente de Federação das Indústrias de Rondônia (Fiero), Marcelo Thomé. Ele destaca que a iniciativa contempla uma pauta de negócios que enxerga na região o principal vetor de desenvolvimento sustentável do Brasil e da indústria verde brasileira. “Empresas do mundo todo procuram negócios sustentáveis e as maiores e melhores oportunidades estão aqui na região amazônica, por isso precisamos tomar a iniciativa, oferecer possibilidades e buscar conectar investidores com empresas locais e empreendimentos sustentáveis já instalados na Amazônia para realizar o nosso enorme potencial social, ambiental e econômico”, diz.

Processos de pesquisa, desenvolvimento e inovação na Amazônia compõem outro compromisso do Instituto Amazônia+21, para fomentar um novo ciclo econômico de capacitação de pessoas, melhorando o nível de competência profissional da população amazônica com foco na retenção desses talentos nas suas localidades. “Desenvolver pessoas para que atuem na região é um dos objetivos que queremos atingir”, comenta o presidente da Fiemt, Gustavo de Oliveira.

A Amazônia Legal é composta pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e parte do Maranhão.

Origem do Instituto

O mapeamento de soluções, oportunidades e perspectivas relacionadas ao desenvolvimento sustentável da Amazônia foi uma das principais pautas do Fórum Mundial Amazônia+21, evento promovido pela Fiero e Prefeitura Municipal de Porto Velho, em novembro de 2020, e que contou com a correalização da CNI e Instituto Euvaldo Lodi (IEL).


--Continua depois da publicidade--

O fórum reuniu especialistas, cientistas, empresas e representantes de vários governos, em debates e estudos que apontaram, entre outras oportunidades, tecnologia e inovação, bioeconomia, indústria verde e mercado de carbono como possibilidades estratégicas para o desenvolvimento socioeconômico da Amazônia. “O Fórum nos mostrou demandas de empresas do Brasil e do mundo inteiro por negócios sustentáveis, então é com essa perspectiva que surge o Instituto Amazônia +21”, afirma Marcelo Thomé.

 

© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!

Publicidade

Redes sociais

107,352FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,120SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

ATUALIZAÇÃO
Covid-19: Saúde de Lucas do Rio Verde confirma 35 novas notificações e número de casos ativos chega a 285
janeiro 16, 2022
LEI MARIA DA PENHA
Homem é preso em flagrante pela Polícia Civil após agredir companheira com pedaço de madeira em Lucas do Rio Verde
janeiro 16, 2022
Covid em crianças
Profissionais da Saúde de Lucas do Rio Verde participam de reunião para tratar da vacinação contra a Covid em crianças
janeiro 16, 2022
Lucas do Rio Verde
Equipe de Esporte e Lazer visita local onde será construído o Complexo Esportivo de Lucas do Rio Verde
janeiro 16, 2022