25.8 C
Lucas do Rio Verde
sexta-feira, 01 julho, 2022
Publicidade
InícioCENÁRIO POLÍTICODIRETO DE BRASÍLIAComissão de juristas faz nova reunião sobre processos administrativo e tributário na...

Comissão de juristas faz nova reunião sobre processos administrativo e tributário na quinta

Texto por

A comissão de juristas encarregada de propor alterações legislativas para modernização dos processos administrativo e tributário tem reunião de trabalho remota marcada para quinta-feira (23), a partir das 17h. O encontro reunirá as duas subcomissões do colegiado e servirá para apresentação e debate das propostas elaboradas até agora. 

A comissão foi criada em fevereiro pelos presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco, e do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, com o objetivo de elaborar anteprojetos de proposições legislativas para atualização do Código Tributário Nacional (Lei 5.172, de 1966) e da legislação que regula o processo administrativo na administração pública (Lei 9.784, de 1999).


--Continua depois da publicidade--

Presidido pela ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Regina Helena Costa, o colegiado é composto por 17 especialistas. A expectativa é de que os trabalhos sejam concluídos em 23 de junho, mas o prazo final vai até 26 de setembro. Essa será a quinta reunião da comissão. 

Subcomissões

O presidente da subcomissão sobre processo tributário é o juiz Marcus Lívio Gomes. Ele é professor associado dos programas de bacharelado, mestrado e doutorado em direito tributário e direito tributário internacional da Uerj e secretário especial de Programas, Pesquisas e Gestão Estratégica do CNJ. Também integram o grupo os juristas Bruno Dantas, Júlio Cesar Vieira Gomes, Ricardo Soriano de Alencar, Adriana Gomes Rego, Valter de Souza Lobato, Aristoteles de Queiroz Camara, Caio César Farias Leôncio e Leonel Pereira Pittzer.

A subcomissão de processo administrativo é presidida pelo juiz Valter Shuenquener de Araújo. Ele é professor associado da Faculdade de Direito da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), doutor e mestre em direito público e  secretário-geral do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Também compõem o grupo os juristas Gustavo Binenbojm, Patricia Ferreira Baptista, Maurício Zockun, Flávio Amaral Garcia, Alexandre Aroeira Salles e Andre Jacques Luciano Uchôa Costa. 

O presidente de cada grupo também ficou encarregado da relatoria das propostas.


--Continua depois da publicidade--

Histórico

Em 23 de fevereiro, quando foi formalizada a criação da comissão, o presidente do Senado defendeu a simplificação das legislações para tornar a Justiça mais ágil. Já o presidente do STF alertou para o excesso de litígios que as normas atuais desencadeiam.

Também foi definido que 17 especialistas integrariam o grupo de juristas, para atuar sem remuneração — entre eles, a ministra Regina Helena Costa, que assumiu o comando dos trabalhos.

Em 17 de março, durante a reunião de instalação, o presidente do Senado defendeu a adoção de medidas que permitam o aperfeiçoamento do Código Tributário, do processo administrativo e de outras normas fundamentais para o país, mas que, na avaliação dele, não refletem ainda o que a sociedade espera.

A comissão recebeu sugestões de professores de várias universidades, no dia 30 de março. Na ocasião, a professora de direito administrativo na PUC do Paraná, Vivian Cristina Lima Lopez Valle, afirmou que a legislação não pode ficar indiferente às novas tecnologias. Ela defendeu a comunicação de atos por meios digitais com garantias mínimas e estabelecimento de formalidades, de modo a respeitar o devido processo legal.

Joás Benjamin sob supervisão de Patrícia Oliveira

Publicidade


Publicidade

Lucas do Rio Verde

SAÚDE
Em visita, parlamentar anuncia recursos para o Hospital São Lucas
julho 01, 2022
PROJETO SOCIAL
Famílias prestigiam formatura da 11ª turma do projeto Bombeiros do Futuro em Lucas do Rio Verde
julho 01, 2022
Em Lucas
Bombeiros combatem incêndio em armazém por quatro horas seguidas
julho 01, 2022
Lucas do Rio Verde
Secretaria Municipal de Saúde divulga alerta sobre toxoplasmose no município
julho 01, 2022