25.3 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 25 setembro, 2021
InícioCENÁRIO POLÍTICODIRETO DE BRASÍLIACAS pode votar nesta terça projeto que regulamenta profissão de transcritor braile

CAS pode votar nesta terça projeto que regulamenta profissão de transcritor braile

O projeto, do senador Paulo Paim (PT-RS), tem relatório favorável do senador Nelsinho Trad (PSD-MS); a Comissão de Assuntos Sociais votará também outras três matérias
Por CenárioMT com inf. Agência Senado

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) pode votar nesta terça-feira (17), às 11h, projeto que regulamenta as profissões de transcritor e revisor de textos em braile, sistema de escrita tátil utilizado por pessoas cegas. O Projeto de Lei do Senado (PLS) 50/2017 também exige que a produção de textos para fins culturais, educacionais e comerciais contem com o auxílio desses profissionais. 

Apresentada pelo senador Paulo Paim (PT-RS), a proposta estabelece a formação obrigatória para a profissão: ter completado ao menos o ensino médio e possuir certificado de habilitação expedido por órgãos oficiais ou reconhecidos pelo Ministério da Educação; ou ter exercido a profissão de transcritor ou revisor por, pelo menos, três anos antes da promulgação da lei.


--Continua depois da publicidade--

O projeto a determina que a carga horária diária do transcritor e do revisor de textos em braille seja de seis horas diárias e de 30 horas semanais, com intervalo de repouso de 10 minutos a cada dois horas de trabalho. E cita que o empregador deve garantir a estrutura necessária para os profissionais, como acesso à internet, às normas técnicas e a dicionários e outras obras necessárias.

Paim afirma que, ao elaborar o Estatuto da Pessoa com Deficiência e trabalhar com profissionais em braille, viu a qualidade e a habilidade desses profissionais. Isso o motivou a elaborar o projeto para valorizar a profissão, que ainda não possui regulamentação.

“A questão de revisor de toda produção em braille merece uma atenção especial e merece um estudo especial. Então esses profissionais se prepararam ao longo de suas vidas para atender às pessoas que são deficientes visuais e eles têm feito um trabalho magnífico. Por isso que achei mais do que justo entrar com um projeto para garantir de forma oficial que a profissão deles fosse valorizada com a regulamentação”, diz Paim.

O relator, Nelsinho Trad (PSD-MS), apresentou parecer favorável com emendas. 


--Continua depois da publicidade--

Reunião escolar

A comissão presidida pelo senador Sérgio Petecão (PSD-AC) analisa também projeto que libera trabalhadores a faltar ao serviço a cada seis meses para comparecer a reunião escolar dos filhos. De autoria do senador Confúcio Moura (MDB-RO), a proposta acrescenta dispositivo na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). O relator, Eduardo Gomes (MDB-TO), recomenda aprovação do PL 5.582/2019.

Também estão na pauta da comissão projeto que regulamenta a profissão de instrumentador cirúrgico (PLC 75/2014) e projeto que trata da concessão de aposentadoria especial e da contagem de tempo de trabalho especial aos segurados expostos à periculosidade derivada de inflamáveis (PLS 47/2016).

Redes sociais

107,339FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,039SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

PRESOS POR RECEPTAÇÃO
Polícia Civil de Lucas do Rio Verde recupera equipamentos avaliados em R$ 80 mil
setembro 24, 2021
CASO CÂNDIDO FERNANDES
Principal suspeito de homicídio de pioneiro luverdense é preso em Itaituba-PA
setembro 24, 2021
VIOLÊNCIA SEXUAL
Em Lucas: delegado autua em flagrante idoso acusado de crime sexual
setembro 24, 2021
Lucas do Rio Verde
Lucas do Rio Verde inicia aplicação de 3ª dose na vacinação contra a Covid-19
setembro 24, 2021