25 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 19 junho, 2021
InícioCENÁRIO POLÍTICOAcompanhamento de obras passará a ser feito por sistema eletrônico

Acompanhamento de obras passará a ser feito por sistema eletrônico

Novo módulo da plataforma automatiza a comprovação do andamento das obras feitas com transferências da União
Por CenarioMT

Os empresários que participam das licitações públicas feitas a partir de transferências da União serão beneficiados pela implantação de um novo módulo na Plataforma +Brasil, gerenciada pelo Ministério da Economia. A partir desta segunda-feira (17), o acompanhamento e a comprovação do andamento das obras serão feitas de forma eletrônica e automática.

“Estamos simplificando todo esse processo para agilizar o andamento das obras e atender a população brasileira, pois as transferências da União atingem o cidadão em localidades carentes”, ressaltou o secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Caio Mario Paes de Andrade. “Tudo isso ampliando a gestão e a transparência das informações. É também uma forma de incentivar as empresas, que serão favorecidas pela celeridade da comprovação.”


--Continua depois da publicidade--

O andamento de uma obra pode ser atestado de duas formas. A primeira pode ser feita por um levantamento de eventos, como a construção de uma parede ou de uma cisterna, por exemplo. Já a segunda é comprovada por itens, como a compra de tijolos, cimento ou demais objetos necessários para a obra. A partir de agora, as empresas terão acesso à Plataforma +Brasil para incluir os dados do primeiro tipo de comprovação. Já o segundo tipo poderá ser inserido na ferramenta a partir de julho.

“Começamos a implantação dessas novas funcionalidades pelas obras mais simples, que são comprovadas por levantamento de eventos. É uma transformação digital: até aqui, tudo era feito em papel, pois o fornecedor tinha de levar um documento na prefeitura, que repassava para a União. Isso acaba hoje, todo o processo será automatizado na Plataforma +Brasil”, explicou o secretário de Gestão, Cristiano Heckert.

Lançada em 2019, a Plataforma +Brasil opera 12 modalidades de transferências da União: Convênio, Contrato de Repasse, Termo de Parceria, Termo de Colaboração, Termo de Fomento, Transferências Fundo a Fundo de Segurança Pública, Fundo Penitenciário, Fundo Antidrogas, Fundo do Sistema Nacional de Emprego, Fundo Cultural (Lei Aldir Blanc), Transferências Especiais e Termo de Compromisso. Até 2022, o Governo espera operar 31 modalidades na plataforma.

Com informações do Ministério da Economia


--Continua depois da publicidade--

Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Gosta de economia, assistir séries, filmes de ação e gosta de videogames. Editor no CenárioMT nos cadernos de Economia e Mundo, mas nem por isso deixa uma notícia regional em branco, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Agentes de Saúde e Atenção Básica recebem capacitação em Lucas do Rio Verde
junho 19, 2021
LUTO
Com mais dois óbitos, Lucas do Rio Verde chega 166 mortes por Covid-19
junho 19, 2021