Turismo libera R$ 8,1 milhões para obras do Sambódromo

0

O Ministério do Turismo liberou R$ 8,1 milhões para obras do Sambódromo do Rio de Janeiro. São intervenções para a segurança do local, inclusive nas instalações elétricas.

No carnaval deste ano, os desfiles das escolas de samba chegaram a ficar ameaçados por causa de falta de autorização do espetáculo por parte do Corpo de Bombeiros, após pedido de interdição encaminhado pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ).


-Continua depois da publicidade ©-

Junto com ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, o prefeito do Rio, Marcelo Crivella, e o senador Flavio Bolsonaro, visitaram, hoje (13), as obras, em andamento.

De acordo com a prefeitura, “a parceria entre a prefeitura e o governo federal vai proporcionar mais segurança e conforto aos cerca de 100 mil foliões que passarão pela avenida a cada dia, durante o carnaval 2020, conforme expectativa da Riotur”.

“Nós temos certeza que, com esse apoio do presidente Jair Bolsonaro, vamos ter o melhor carnaval de todos os tempos. Mais seguro, mais iluminado, e com mais conforto para as pessoas”, disse Crivella.

O ministro Marcelo Antônio, que também visitou o Centro de Operações Rio (COR) com o prefeito e o senador, disse que a instalação de câmeras de segurança, dentro e ao redor do Sambódromo, vão garantir mais segurança. “Segundo os engenheiros, essa é a maior reforma já feita no Sambódromo trazendo mais segurança aos frequentadores do carnaval.

“Turistas do Brasil e de fora não terão problemas aqui na questão de segurança. Tudo está sendo feito para que essa festa continue sendo a maior festa do Brasil e do Rio de Janeiro”, disse o prefeito.

Obras

Além da instalação de 500 novos painéis de iluminação, entre outros serviços estão sendo refeitos seis mil metros quadrados de estruturas em concreto, pintura em 36 mil metros quadrados e distribuições elétricas em 89 quadros. Para melhorar a segurança na Marques de Sapucaí, as obras incluem novas escadas nas saídas.

O secretário municipal de Habitação e Infraestrutura (SMIH), Sebastião Bruno, informou que 30% das obras foram concluídas. “A previsão é de que tudo esteja pronto na segunda quinzena de fevereiro”.

A intenção da prefeitura é que o local seja usado também para outros eventos da cidade ao longo do ano. “Estamos preparando o espaço para receber grandes shows, por exemplo, com estruturas bem melhores, e outras atividades populares ligadas à cultura em geral”, informou o secretário especial de Turismo, Paulo Jobim.

Fernando Fraga


-
-