Primeira-dama e Carlos Fávaro discutem parceria para implementar projeto social

Primeira-dama e Carlos Fávaro discutem parceria para implementar projeto social

0

A primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, reuniu-se, nesta sexta-feira (04.10), com membros da Fundação Espaço Democrático, da equipe da secretaria-adjunta de Gestão e Planejamento Metropolitano da Secretaria de Estado de Infraestrutura e com o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), Nilton Borgato. A reunião foi organizada pelo titular do Escritório de Representação de Mato Grosso em Brasília (Ermat), Cárlos Fávaro, e ocorreu no gabinete da secretária de Assistência Social e Cidadania (Setasc), Rosamaria Carvalho.

De acordo com Cárlos Fávaro, a Fundação é uma das atuações do Partido Social Democrático (PSD) e o objetivo da reunião foi apresentar à primeira-dama um projeto voltado para o empreendedorismo e à inclusão social de famílias em situação de vulnerabilidade.


Continua depois da publicidade-pix


Elaborado pela equipe da secretaria-adjunta de Gestão e Planejamento Metropolitano, que era a antiga Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá (Agem), o foco do projeto são os municípios localizados na região da ‘Baixada Cuiabana’, que são, além da Capital, as cidades de Várzea Grande, Chapada dos Guimarães, Acorizal, Santo Antônio do Leverger e Nossa Senhora do Livramento.

“Focamos nessa região com base em dados e levantamentos feitos pelo economista e secretário adjunto de Planejamento Metropolitano da Sinfra, Mauricio Munhoz, em que fica evidenciada a necessidade de se investir em projetos que levem desenvolvimento social e econômico para estas seis cidades, onde há uma grande parcela da população dependente de programas sociais e com pouco dinamismo econômico”, destacou Fávaro.

-Continua depois da publicidade ©-

A secretária de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), Rosamaria Carvalho, complementou as informações apresentadas e destacou que em muitos casos estas famílias dependem exclusivamente de programais sociais como o Bolsa Família e o Pró-Família, o primeiro do Governo Federal e o segundo do Governo do Estado. “São famílias que sobrevivem com renda familiar de até R$ 89,00 por mês, na maioria dos casos”, exemplificou.

A primeira-dama Virginia Mendes gostou da proposta apresentada e destacou que uma das suas áreas de interesse é exatamente o fomento ao empreendedorismo e a geração de oportunidades de trabalho e emprego paras as famílias carentes. “Achei a ideia que eles trouxeram interessante e estamos estudando de que forma podemos atuar juntos. Tenho buscado parceiros e projetos que tenham esse viés. Quando atuamos no social é imprescindível pensar em alternativas que auxiliem às pessoas carentes a saírem do ciclo de dependência econômica dos programas sociais. Os benefícios são a porta de entrada, mas não necessariamente as famílias precisam ficar nesta dependência a vida toda, muitas vezes faltam oportunidades e apoio e é isto que nós queremos implementar”, afirmou a primeira-dama.

Participaram da reunião, além do titular do Ermat, Carlos Fávaro, o secretário da Seciteci, Nilton Borgato, o secretário adjunto de Educação Profissional e Ensino Superior, Stéphano do Carmo, o secretário adjunto de Gestão e Planejamento Metropolitano da Secretaria de Estado de Infraestrutura, Maurício Munhoz, o assessor especial da Sinfra, Thiago França e outros membros da equipe.





-Patrocinador-