A reforma da Previdência dominou os debates no Senado durante a semana. Mas outros assuntos também ganharam destaque, como a sanção da lei que responsabiliza o agressor doméstico pelo ressarcimento dos custos de serviços de saúde prestados pelo SUS às vítimas de violência doméstica e familiar. Na terça-feira, foi adiada a votação do plano de trabalho da Comissão Parlamentar de Inquérito das Fake News.

Fonte: Agência Senado


-Continua depois da publicidade ©-