Empaer e consórcio se reúnem para definir atendimento ao produtor rural

Reuniao com os secretários de agricultura de nove municípios. O evento será realizado no dia 10 de julho, na cidade de Canarana.

0
Parceria preve instalação de Unidades de Referência Tecnológia e outros - Foto por: João de Melo | Empaer

Para determinar as diretrizes e o plano de trabalho a ser executado para os produtores rurais da região Leste do Estado, representantes do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Médio Araguaia e da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) irão se reunir com os secretários de agricultura de nove municípios. O evento será realizado no dia 10 de julho, no município de Canarana (823 km a Leste de Cuiabá), durante a Feira Industrial, Comercial e Agropecuária (Feican), no Parque de Exposições Luiz Cancian.

O secretário do Consórcio do Médio Araguaia, Deiwis Schindles, comenta que na reunião será debatida a parceria com a Empaer para executar o trabalho de Assistência Técnica e Extensão Rural nos municípios. Atualmente, na região, a Empaer possui 15 escritórios locais e um regional localizado em Barra do Garças. Nos últimos seis meses, os técnicos da Empaer já atenderam 4.471produtores rurais e a previsão é atender mais de sete mil na região até o final do ano.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

O presidente da Empaer, Renaldo Loffi, enfatiza que será apresentado aos integrantes do Consórcio e secretários o trabalho que vem sendo realizado com as cadeias da piscicultura, agroecologia com avicultura, bovinocultura de leite, corte e outros. Loffi conta que a empresa sempre fez parcerias e cita o mais recente convênio que foi assinado com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) no valor de R$ 800 mil para atender 412 médios produtores que atuam na área de bovinocultura de corte e leite em 18 municípios da região Leste, por um período de dois anos.

O presidente destaca que também já foi apresentado para o Consórcio do Vale do Rio Cuiabá o projeto de desenvolvimento da Cadeia Produtiva de Frutas, Legumes e Verduras (FLV) para atender 14 municípios do Vale do Rio Cuiabá. Técnicos da Empaer elaboraram um projeto com potencial de produção numa área de 920 hectares com a participação de 460 produtores rurais. “Estamos buscando parcerias para tornar o trabalho de Ater mais eficiente nos municípios, bem como nos assentamentos rurais e comunidades tradicionais”, esclarece.


-Continua depois da publicidade ©-

De acordo com Loffi, está sendo elaborado um plano de negócio para atuação das cadeias produtivas com a finalidade de gerar e levar conhecimento para o campo. Ele enfatiza que serão feitos visitas, acompanhamentos, palestras, cursos diversos, dia de campo, instalação de Unidades de Referência Tecnológica (URT) e outros. O técnico será responsável pela expansão do aprendizado do produtor com orientações sobre o plantio e a colheita de culturas. O objetivo é dar assistência técnica e aperfeiçoar os métodos de produção, o que contribui para aumentar a produtividade da propriedade rural e a renda do agricultor.

Vão participar da reunião representante dos municípios de Água Boa, Campinápolis, Canarana, Cocalinho, Gaúcha do Norte, Nova Nazaré, Nova Xavantinha, Querência e Ribeirão Cascalheira.