Após derrota do Grêmio, Renato se irrita em coletiva e lamenta “decisões erradas” no ataque

Técnico do Grêmio elogiou o time após levar 1 a 0 do Bahia, principalmente pelo primeiro tempo apresentado. Apesar disso, entende que os erros de finalização custaram o resultado

0

Apesar do resultado negativo, Renato Gaúcho gostou da atuação do Grêmio na derrota por 1 a 0 para o Bahia na noite deste sábado no Pituaçu, pela sétima rodada do Brasileirão. Principalmente, pelo desempenho no primeiro tempo. O treinador só lamentou um “porém”: as falhas nos arremates contra o goleiro adversário.

Minutos após a derrota em Salvador, o técnico apareceu para falar sobre o revés. Na avaliação, acha que o Grêmio merecia ter tido um resultado melhor diante dos comandados de Roger Machado.

– O Grêmio não merecia perder a partida. Principalmente nos 45 minutos iniciais porque o domínio foi total. Tivemos vários desfalques. Não estou reclamando, mas sim do entrosamento. Me agradou bastante, principalmente o primeiro tempo. Tivemos oportunidades, mas não fizemos. No início do segundo, o jogo estava controlado, mas teve o pênalti. Quando você toma, precisa abrir, se expõe. Você dá espaço. O Bahia cresceu, mas acredito que foi uma boa partida, bem disputada – argumenta.

Para Renato, a razão do revés é clara: o Grêmio errou no momento da finalização. O chutes de Pepê, em cima de Douglas Friedrich, e Montoya, tirado em cima da linha pelo volante Gregore, custaram os três pontos.

– Muitas vezes você toma a decisão errada. O Montoya não tinha que ter chutado, tinha que ter driblado o goleiro, entrar com bola e tudo, fazer com a pena esquerda. O Pepê muita calma, mas você leva em consideração a idade. No futebol, a bola pune. Não fizemos, mas eles tiveram o pênalti e fizeram – declarou o treinador.

Irritação com jornalista

Em meio às justificativas, Renato irritou-se. Uma pergunta sobre a dificuldade para o time sair da zona de rebaixamento e a lembrança sobre os bordões explicados a cada insucesso resultaram na resposta com tom mais áspero para o repórter.

– Você veio aqui para fazer onda ou perguntar? Está colocando de uma maneira que não está ocorrendo. O Grêmio classificou na Libertadores e Copa do Brasil, mas não pode jogar bem m todos os jogos. Minha equipe joga o melhor futebol do Brasil. Não é colocar na conta dos jogadores, mas eu não entro em campo. Não tem nada de nana neném, de decolar. O Grêmio é muito grande e vocês (jornalistas) baterão palmas. Do jeito que você coloca, está muito emburradinho com alguma coisa. Me pergunta que eu respondo – disparou.

Em busca da retomada, o Grêmio soma cinco pontos e segue na zona de rebaixamento, em 18º. Na próxima rodada, o time de Renato Gaúcho enfrenta o Fortaleza. A partida será disputada no sábado, às 19h, no Centenário, em Caxias do Sul, já que a Arena está cedida a Conmebol porque será uma das sedes da Copa América.