Ministro da Educação vai ainda hoje a Suzano

0

O ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, informou, há pouco, que irá a Suzano, na região metropolitana de São Paulo, onde dois jovens armados invadiram, na manhã de hoje (13), a  Escola Estadual Raul Brasil e atiraramnos alunos.

“Ainda hoje, estarei na cidade de Suzano”, afirmou Vélez pelo Twitter. “Crianças e jovens são o bem mais precioso de uma nação. É inadmissível que sofram qualquer tipo de violência”, acrescentou o ministro na mensagem.

Mais cedo, o ministro publicou mensagem de luto, solidarizando-se com as famílias das vítimas. Ele disse ainda que acompanhará de perto a apuração dos fatos.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública colocou-se à disposição do governo do estado de São Paulo. Em nota, o ministério diz que os fatos estão sendo apurados pelas autoridades competentes e que está à disposição do governo paulista.

Oito pessoas foram mortas pelos atiradores, que se suicidaram.

Segundo as últimas informações, no total, 23 pessoas feridas foram encaminhadas a unidades de saúde da região: nove estão no Hospital Santa Maria; três na Santa Casa; duas no Hospital Luzia de Pinho Mello; duas no Hospital Santana; cinco no Hospital Santa Marcelina e duas no Hospital das Clínicas.



A Escola Estadual Raul Brasil atende a alunos dos anos finais do ensino fundamental e aos do ensino médio. Ao todo, estão matriculados 1.058 estudantes. Cem estrutura com 30 salas, entre espaços para aulas e para atividades extracurriculares, o colégio oferece ainda cursos de línguas para 1.534 alunos. Contando com a direção, a escola tem 14 funcionários e 63 professores.