Fábio Garcia anuncia futuro longe da política

0

Diferentemente do que muito se especulava nos bastidores, o atual deputado federal e primeiro suplente de senador eleito, Fábio Garcia (DEM), aliado e amigo pessoal do governador eleito, Mauro Mendes (DEM), não estará no novo Governo do Estado de Mato Grosso, a partir de janeiro. O presidente do Democratas afirmou em carta enviada à imprensa, neste início de semana, que segue líder partidário, mas abandona pelos próximos anos a carreira pública para voltar os olhos à iniciativa privada e à sua família. Acompanhe abaixo a íntegra do comunicado de Garcia:

“Durante os últimos 5 anos me dediquei intensamente a vida pública, ao meu mandato e a construção de um projeto político que acredito ser capaz de recolocar Mato Grosso nos trilhos, trazer desenvolvimento ao estado e de mudar para melhor a vida dos mato-grossenses. Durante este período, fui secretário de governo da prefeitura de Cuiabá na gestão Mauro Mendes, fui presidente estadual do PSB , presido o Democratas em Mato Grosso e hoje exerço o mandato de deputado federal.

Com o fim do meu mandato, a eleição de Mauro Mendes a governo e minha eleição como primeiro suplente de Jayme Campos ao Senado, concluo um ciclo de minha vida política e cumpro de forma exitosa um grande objetivo do nosso grupo.  Ao concluir este ciclo e depois de uma profunda reflexão junto à minha esposa e filhas, decidi atender aos apelos da família e nos próximos anos irei me dedicar a minha família e a vida empresarial.

Voltarei para a iniciativa privada de onde vim e onde tive uma grande experiência profissional, começando como estagiário e chegando à presidência de empresas multinacionais. Porém, agora assumirei novos  desafios. Sinceramente, tomo esta decisão carregando um sentimento de tristeza por não estar mais inteiramente dedicado a vida pública, que tanto gosto, e tanto me inspira e também por não participar diretamente do futuro governo, cuja a caminhada ajudei a construir desde o seu início. 

Poucas pessoas se dedicaram tanto a este projeto político quanto eu. Ao longo desta caminhada e na construção deste projeto de governo, enfrentei grandes desafios, ameaças e pressões, mas me mantive firme, com a minha crença, convicção e principalmente com minha lealdade. Os últimos anos foram de muito trabalho, o que me afastou da necessária convivência familiar. Neste momento, minhas empresas e minha família, em especial minhas duas filhas, precisam muito de mim e eu não posso deixar de atendê-las.

Mesmo assim, reafirmo que continuarei exercendo a função de presidente do meu partido, o Democratas, e ajudando da melhor forma possível ao meu estado do Mato Grosso. Quero aproveitar e agradecer a todos os mato-grossenses pela honrosa oportunidade que me deram de ser deputado federal pelo nosso estado. Jamais esquecerei tamanho gesto de confiança e carinho e que busquei retribuir com muito trabalho, realizado o de forma séria e honrada. 

Ao longo do meu mandato como deputado federal dei o meu melhor pelo Brasil e por Mato Grosso. Fui a favor da mudança para o Brasil e lutei por uma Brasil mais moderno, eficiente, justo e austero. Priorizei a saúde publica e a lutei por uma energia e um combustível mais barato. Fui eleito o melhor deputado federal de Mato Grosso pelo ranking dos políticos e considerado o parlamentar mais influente do Brasil no setor energético. Muito obrigado a minha equipe, a todos que nos ajudaram nesta caminhada, aos amigos que tenho e que conquistei nesta jornada. Muito obrigado a todos os mato-grossenses.

  Fala de Rosa Weber é "fora de tom e de propósito", diz deputada eleita

Contem sempre comigo.”



| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui