Queda de avião em centro de terapia infantil deixa mortos na Flórida

0

queda de um avião particular de pequeno porte em um centro de terapia para crianças autistas na tarde do último sábado (1º), em Fort Lauderdale, na Flórida, matou duas pessoas que estavam a bordo do Cessna 355. Um incêndio ocorreu após a colisão, segundo autoridades, que iniciaram uma investigação para determinar a causa do acidente.

Um porta-voz do Departamento de Resgate de Bombeiros de Fort Lauderdale e chefe da corporação, Steven Gollan, disse à TV WPLG que oito professores e cinco crianças estavam no prédio no momento do acidente.

Uma professora sofreu ferimentos leves enquanto levava as crianças para longe do prédio por questões de segurança, de acordo com a SkyNews. Ela não precisou ser encaminhada para o hospital.

Susto pós-acidente

O centro de terapia Positive Behavior Supports Corporation disse que os professores protegeram as crianças quando o teto desabou.

A diretora regional Claudia Axelrod disse à CBS Miami que a “porta da frente estava em chamas e foi bloqueada pelos destroços”, acrescentando que os professores intervieram quando “o teto desabou sobre eles”.

  ONG homenageia policiais militares mortos no estado do Rio

“Eles agiram como heróis. Eles com certeza fizeram. Estamos muito agradecidos … Somos muito abençoados que todos puderam ir para a segurança”, disse Claudia.

Segundo relatos, a Administração Federal de Aviação disse que o avião estava indo para Hilliard – uma pequena cidade perto de Jacksonville, na Flórida.

Os nomes das duas pessoas mortas no acidente ainda não foram divulgados.



| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui