O sistema da Justiça Eleitoral em Mato Grosso já registrou 146 mil ataques cibernéticos neste domingo (28), onde moradores participam do segundo turno das eleições. A informação foi divulgada no primeiro boletim de informação do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT).

Segundo o TRE, os ataques, tidos como simples, são feitos por robôs e são barrados pelos próprios sistemas de defesa da Justiça Eleitoral.


Os ataques tentam derrubar o site do TRE ou impedir que os votos das eleições sejam transferidos para o sistema órgão.

O TRE alerta que a urna não pode ser atacada porque não é ligada à rede de internet, sistema Wi-fi ou bluetooth.

Em geral, os ataques são de servidores da Ásia, Europa e Estados Unidos. No primeiro turno das eleições, os ataques cibernéticos no sistema da Justiça Eleitoral de Mato Grosso ultrapassaram um milhão.

Segundo mesário sofre infarto e morre durante eleição no Rio

  Bolsonaro se reveza entre Rio, Brasília e São Paulo esta semana




| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui