Dono da maior bancada em 2014, PR é extinto na Assembleia Legislativa

0
(Foto: Fablicio Rodrigues/ALMT)

Sigla que elegeu a maior bancada para a Assembleia Legislativa de Mato Grosso em 2014, com 5 deputados estaduais, o Partido da República (PR) sofreu um duro revés nessas eleições e a partir de 2019 não terá qualquer representante no Legislativo Estadual e nem na Câmara dos Deputados.

 


O único republicano que representará o Estado em Brasília pelos próximos 4 anos é o senador Wellington Fagundes que também saiu derrotado no pleito deste ano ao disputar o governo do Estado e terminar em 2º lugar. Porém, continua com mais 4 anos de mandato como senador, conquistado nas eleições de 2014.

No pleito deste ano, o PR teve apenas 2 candidatos disputando a Câmara dos Deputados: Eliene Lima (ex-deputado federal) e Professor Bispo, mas nenhum deles conseguiu se eleger. Eliene teve 9.330 votos enquanto Bispo foi votado por 9.987 eleitores.

 

Para a Assembleia Legislativa, o partido lançou 12 candidatos e também não conquistou nenhuma cadeira no parlamento estadual. O melhor colocado na disputa obteve apenas 6.552 votos.

 

Em 2014, a legenda conseguiu eleger Sebastião Rezende, Wagner Ramos, Mauro Savi, Ondanir Bortolini, o Nininho, e Emanuel Pinheiro. No decorrer da legislatura que termina em dezembro deste ano, todos os parlamentares mudaram de partidos deixando a sigla republicana sem representante no Legislativo mato-grossense.

  Temer diz na Guatemala que Brasil faz transição branda e tranquila

 

Dessa forma, sem candidato com mandato para buscar a reeleição, o partido lançou nomes praticamente desconhecidos de boa parte do eleitorado mato-grossense para disputar vagas na Assembleia.

 

Cenário nacional

No Brasil, o único candidato a governador pelo PR foi o senador mato-grossense Wellington Fagundes, que também foi derrotado nas urnas.

 

Para o cargo de vice-governador a legenda teve 6 representantes: Alexandre Bispo no Distrito Federal, Bruno Roberto na Paraíba, Coronel Eliane Nikoluk em São Paulo, Lúcio Vale no Pará, Marcelo Delaroli no Rio de Janeiro e Tião Couto no Rio Grande do Norte.

 

Dois deles estão na disputa do 2º turno. São eles: Eliane Nikoluk, que é a vice do candidato Márcio França (PSB) em São Paulo e Lúcio do Vale, vice de Helder (MDB) no Pará. Os outros 4 não foram eleitos.

 

Veja os candidatos a deputado estadual pelo PR em Mato Grosso e quantos votos receberam

Branquinho 2.895
Edinho Paiva 2.750
Gilmar do Esporte 2.148
Gomeraldo de Barros 446
João Sulzbacher 987
Luis Costa 4.491
Martha Dranski 407
Professor Hedvaldo 6.552
Professora Branca 2.480
Sirlene Moraes 159
Tania Moura 261
Vilma Fernandes 352





| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

WP_Post Object
(
    [ID] => 760224
    [post_author] => 1
    [post_date] => 2018-10-14 08:13:47
    [post_date_gmt] => 2018-10-14 12:13:47
    [post_content] => 
Um apostador de Marabá, no Pará, acertou sozinho o concurso 2.087 da Mega-Sena e vai receber um prêmio de R$ 27 milhões. Ele acertou as dezenas 02,18,19,23,34 e 53 sorteadas nesse sábado (13) em Joaçaba (SC). A quina teve 52 apostas ganhadoras e pagou prêmio de R$ 41.598,96 a cada uma. A quadra teve 4.898 apostas ganhadoras e pagou prêmio de R$ 630,91 a cada uma. De acordo com a Caixa, o próximo sorteio da Mega-Sena está marcado para o dia 17 de outubro, com prêmio estimado em R$ 2,5 milhões. Edição: Talita Cavalcante
[post_title] => Apostador do Pará ganha sozinho prêmio de R$ 27 milhões da Mega-Sena [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [post_password] => [post_name] => apostador-do-para-ganha-sozinho-premio-de-r-27-milhoes-da-mega-sena [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2018-10-14 08:14:30 [post_modified_gmt] => 2018-10-14 12:14:30 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => https://www.cenariomt.com.br/?p=760224 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw )