Em pronunciamento nesta terça-feira (9), o senador Lasier Martins (PSD-RS) falou sobre os resultados das eleições. Ele destacou que as urnas não falaram, mas gritaram veementemente por mudanças na conduta da política brasileira. Segundo Lasier, não é possível ignorar o que os brasileiros disseram no domingo (7).

— Estamos vivendo um veemente grito das urnas, o grito da indignação, da insatisfação, da necessidade de mudar os rumos deste país tão enxovalhado nos últimos anos, mencionado em toda parte como um dos países mais corruptos do planeta. Deste Brasil de tantos desvios de recursos públicos, do desrespeito ao dinheiro público, da decadência do ensino, da falta de verbas para carências, como da saúde, das escolas, das estradas, da segurança pública.

Lasier ainda ressaltou que o Brasil precisa de novas administrações, respeito ao dinheiro público, disciplina e seriedade. O senador descartou que haja uma volta ao conservadorismo. Para ele, o pedido por transparência e melhor gestão pública não pode ser encarado como retorno ao conservadorismo.

  TSE reúne equipes de Bolsonaro e Haddad para discutir fake news

Ele também destacou o desempenho do PSD no primeiro turno das eleições. O partido terá a terceira maior bancada no Senado, com sete senadores a partir de 1º de fevereiro. Isso, disse, vai permitir que a legenda coloque em prática suas bandeiras e lute pelos preceitos que estão em seu estatuto.





| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui