A queda do dólar na primeira semana de outubro pressionou para baixo os preços da soja grão e do farelo de soja no mercado brasileiro. Segundo levantamento da Scot Consultoria, em Paranaguá-PR, a saca de 60kg está cotada em R$94,00, frente aos R$98,00 por saca no final de setembro último.

O farelo de soja tem sido negociado, em média, por R$1.440,60 por tonelada em São Paulo, sem o frete, queda de 0,5% em relação ao fechamento do mês anterior. Com relação ao farelo, apesar do recuo na cotação, o insumo está custando 31,1% mais que no mesmo período de 2017. Considerando a praça de São Paulo, atualmente são necessárias 9,5 arrobas de boi gordo para a compra de uma tonelada de farelo. Com a queda no preço do farelo e o boi gordo firme, a relação de troca melhorou 1,3% em outubro, na comparação mensal.

No entanto, frente ao mesmo período do ano passado, o poder de compra do pecuarista diminuiu 22,5%. Em curto e médio prazos, o câmbio seguirá como principal fator de interferência nos preços da soja e farelo de soja no Brasil, em reais. Os resultados das eleições terão papel fundamental nesta questão. No mercado internacional, o avanço da colheita e situação das lavouras nos Estados Unidos deverão ditar o rumo dos preços nos próximos meses.

  Senado aprova MP que trata de dívidas de produtores rurais




| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui