A Advocacia-Geral da União (AGU) criou uma força-tarefa de 300 advogados públicos que ficarão de plantões durante as eleições gerais deste mês. Desta forma, a AGU pretende atuar de forma mais célere no caso de ações movidas em meio ao pleito cujo primeiro turno será domingo (7).

A portaria prevendo o regime de plantão da AGU foi publicada no Diário Oficial da União de hoje (1º).

De acordo com a portaria, caberá à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, a tarefa de adotar as providências necessárias à organização e distribuição das equipes de trabalho durante o período eleitoral.

Edição: Nádia Franco

  PF abre novas fases das operações Peixe de Tobias e Sermão aos Peixes