Novo projeto do Rodoanel entre Cuiabá e VG prevê economia de 42% nas obras

0

O projeto do novo Rodoanel de Cuiabá/Várzea Grande, apresentado nesta quarta-feira pelo Governo do Estado, vai custar a metade do valor e ter o dobro de qualidade se comparado com o antigo projeto da gestão passada. O governador Pedro Taques (PSDB) comemorou a retomada da licitação ainda esse ano. “É mais uma importante obra que conseguimos destravar. De acordo com o anúncio feito hoje pela Sinfra, economizamos R$ 359 milhões com o novo anteprojeto, reduzindo em 42% o custo da obra, diminuindo de R$ 858 milhões para R$ 498 milhões. Só com o valor economizado seria possível construir três mil casas populares. É com essa responsabilidade que fazemos o nosso governo”, explicou Pedro Taques numa comparação com ao antecessor Silval Barbosa (sem partido).

A obra liga a região do Trevo do Lagarto, em Várzea Grande, até o Distrito Industrial de Cuiabá, passando pela Estrada da Guia (MT-010), rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), até chegar à BR-364. Pelo projeto, o Rodoanel terá 52 quilômetros de extensão, em concreto, em pista dupla e receberá todo o tráfego de veículos pesados da BR-163.
As obras foram iniciadas em 2006 e paralisadas em 2009, por conta de irregularidades no convênio firmado com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Em 2013, a obra chegou a ser licitada, no governo Silval Barbosa, mas os recursos continuavam bloqueados.
Na manhã desta quarta-feira (15.08), o secretário de Infraestrutura e Logística de Mato Grosso, Marcelo Duarte, apresentou à imprensa detalhes do projeto do Rodoanel e confirmou a realização de Audiência Pública para o dia 12 de setembro, dando início aos trâmites da licitação. “O projeto atual prevê o pavimento em concreto, com durabilidade de 20 anos, ao invés de asfalto que tem vida útil de apenas 10 anos. A solução que encontramos foi feita sem perder a qualidade”, finalizou Duarte.





1 COMENTÁRIO

  1. Primeiro que o recurso é federal e não estadual, apesar de isto pouco importar pois os impostos são pagos por todos nós, segundo que este glorioso governo conseguiu a enorme proeza de passar incríveis 3 anos e 8 meses para só agora, no apagar das luzes, conseguir anunciar uma obra que já tinha inclusive, parte dos recursos na conta do governo a muito tempo. Esse Pedro taxi é mais do mesmo…

| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui