Saúde estadual descarta confirmação de casos de sarampo em Goiás

0

De 40 casos suspeitos, oito permanecem sob investigação pela Secretaria de Estado da Saúde, que alerta para importância da vacinação. Campanha segue até 31 de agosto.

A Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) informa que não foi confirmado nenhum caso de sarampo em Goiás. Até o momento, foram notificados 40 casos suspeitos. Desses, 32 foram descartados e oito permanecem sob investigação. Ao mesmo tempo, a SES-GO segue com a Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo em todos os municípios goianos até o próximo dia 31, o “dia D” será no sábado, dia 18 de agosto. O objetivo é proteger crianças de um ano a quatro anos, 11 meses e 29 dias contra essas duas graves enfermidades.
Embora não haja nenhum caso confirmado em Goiás, o secretário de Estado da Saúde de Goiás, Leonardo Vilela, alerta os pais ou responsáveis das crianças para vaciná-las em postos de saúde espalhados pelo Estado. Atualmente ocorrem dois surtos de sarampo no Brasil, em Roraima e no Amazonas, com registros de casos isolados em outros Estados.
Até o momento, foram confirmados cinco mortes por sarampo no Brasil. Dessas, quatro ocorreram em Roraima (três de estrangeiros e uma de brasileiro) e uma no Amazonas (de brasileiro).
Tais surtos, de acordo com informações do Ministério da Saúde (MS), estão relacionados ao que os técnicos chamam de “importação”, que é entrada acentuada de venezuelanos no Brasil. Dados repassados pelo MS indicam que até o dia 8 de agosto foram confirmados 778 casos de sarampo no Amazonas e outros 5.058 permanecem sob investigação. Em Roraima foram confirmados 281 casos da doença e 111 continuam sendo analisados. Alguns casos isolados e também relacionados à “importação” foram identificados em São Paulo (um), Rio de Janeiro (14), Rio Grande do Sul (13), Rondônia (um) e Pará (2).
O MS permanece acompanhando a situação e prestando o apoio necessário aos Estados. As medidas de bloqueio por meio da vacinação, mesmo em casos suspeitos, estão sendo realizadas em todos os Estados brasileiros.
Comunicação Setorial SES
  Temer: Brasil e Paraguai construirão duas pontes entre os dois países




| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui