Governador de Mato Grosso só deverá ser conhecido no segundo turno

0
ELEIÇÕES EM MATO GROSSO:  Apesar de Mato Grosso ter cinco candidatos ao Governo do Estado – sendo que duas não devem passar de um ponto percentual nas pesquisas – a possibilidade de haver segundo turno – algo inédito no Estado – já é apontado como muito grande. É que os três principais concorrentes são considerados bons de votos e com carreira consolidada politicamente – Pedro Taques (PSDB), governador do Estado que tenta a reeleição, Mauro Mendes (DEM), que já foi prefeito de Cuiabá e o candidato do (PR), senador.

 
Nos meios políticos poucos acreditam que o pleito eleitoral em Mato Grosso será encerrado no primeiro domingo de outubro, já conhecendo o novo governador, mesmo com as pesquisas apontando, neste início de campanha, uma vantagem esmagadora para o Mauro Mendes. “O governador não está morto e o senador tem um excelente trânsito no interior e provou sua força ao agregar em seu projeto partidos com o PT, o PP e o PTB”, diz um analista.
 
Entre os políticos que tentam a reeleição também é quase uma unanimidade que haverá segundo turno para o governo do Estado. O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Eduardo Botelho (DEM) acredita em uma segunda disputa.
 
“Eu acho que vai ser uma eleição que vai dar oportunidade, que vai ser uma eleição em dois turnos. Acredito que seja para escolher as melhores propostas e, no segundo turno, escolher quem é a pessoa que pode fazer melhor o que eleitor escolheu como as melhores propostas”, explicou, sem revelar os nomes que acredita estarão na segunda etapa da eleição.
 
O parlamentar avalia como positivo um cenário com vários candidatos, não só para governador, bem como para senador e demais cargos, já que isso dá ao eleitor mais possibilidades. “É bom para o eleitor. O eleitor vai ter oportunidades de avaliar todos os candidatos”, disse.
 
Além dos três, também concorrem ao Palácio Paiaguás o servidor público e líder de movimento de rádios comunitárias Moisés Franz (PSOL) e o ex-superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) Arthur Nogueira, que somam 5 candidatos no total.
 





| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui