Mauro terá maior tempo no rádio e TV

0
Faltando 6 dias para o encerramento das convenções partidárias que definirão os candidatos ao governo do Estado, o ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (DEM) é o pré-candidato que conseguiu o maior tempo de rádio e televisão até o momento. Com cinco siglas -DEM, MDB, PSD, PDT e DC, já confirmadas no arco de alianças para apoiar sua candidatura ao Palácio Paiaguás, o democrata já tem 2 minutos e 16 segundos dos cerca de 10 minutos de propaganda eleitoral no rádio e na televisão que serão reservados para quem disputar o governo do Estado.

Mauro Mendes ainda poderá ter a adesão de outras legendas para o seu palanque, o que poderá aumentar ainda mais o seu tempo de rádio e televisão. No entanto, só são contabilizados os seis maiores tempo de TV dos partidos de cada coligação.


 

Já o governador Pedro Taques (PSDB), que busca a reeleição, conta com os apoios do PSDB, PSB, SD, PPS, Avante, PRTB e PSL, totalizando 1 minuto e 51,1 segundos para o tempo de propaganda em rádio e TV.
Esse tempo poderá aumentar, já que os tucanos ainda sonham em ter o PTB e o PP no seu palanque.
O senador Wellington Fagundes (PR) é o terceiro pré-candidato ao governo em termos de tempo de rádio e televisão. Fagundes aparece até o momento com 1 minuto e 41,6 segundos, somando os tempos do PP, PR, PTB e PCdoB.
No entanto, o republicano pode se tornar o candidato com o maior tempo de televisão, caso o PT, partido com 1 minuto e 4,6 segundos, confirme a aliança cujas conversas se encontram bastante adiantadas.
Wellington Fagundes ainda pode ter o PRB, do deputado federal Adilton Sachetti (PRB), que deseja disputar o senado. O PRB incrementará mais 19,9 segundos em qualquer coligação entrar.
Já a Rede Sustentabilidade lançou no último sábado o policial rodoviário federal, Arthur Nogueira para o governo do Estado. Porém, a sigla ainda não coligou com ninguém e deve ter 2 segundos de tempo de televisão.
Já o Psol deverá lançar novamente o procurador Mauro (Psol) ao Palácio Paiaguás. O Psol que costuma não se coligar com ninguém no Estado tem 4,7 segundos de tempo de televisão.
Outros partidos ainda podem mudar o quadro de tempo de rádio e televisão dos pré-candidatos, como o caso do PSC que conta com 12,3 segundos, seguido pelo Pros com 10,4 segundos, PV com 7,6 segundos, PHS 4,7 segundos, Podemos 3,8 segundos, PRP 2,8 segundos, PMN 2,8 segundos, Patriotas 1,9 segundos e PTC com 1,9 segundos.
A propaganda eleitoral começará a ser veiculada no dia 31 de agosto em todo o país. Para os candidatos a governador, serão dois programas diários, exibidos sempre às segundas, quartas e sextas-feiras. Do tempo total previsto para este cargo, 9 minutos serão divididos de acordo com a representação partidária do candidato. Outros 54 segundos serão partilhados igualitariamente entre todos.




| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui