Jon Jones deve volta a lutar em 2018, analisa empresário

Data do julgamento do lutador, no entanto, ainda não foi definida

0

Flagrado por uso de esteroides na luta contra Daniel Cormier realizada em julho, Jon Jones deve voltar ao UFC ainda em 2018. A avaliação otimista é do empresário do lutador, Malki Kawa, para quem o meio-pesado ingeriu suplementação contaminada de forma inconsciente.

“Se a USADA for uma organização respeitável, como eu acho que é, e eles usarem todas as informações que estão compiladas, todas as entrevistas que fizeram e as coisas que viram, eles sabem como um fato que Jon Jones não trapaceou e ele não tomou de forma intencional qualquer tipo de substância. Acho que eles sabem disso e todo mundo pode tirar conclusões baseadas nas circunstâncias da situação dele”, disse ao podcast The Luke Thomas Show.

“No final desse mês acredito que conseguiremos esclarecer algumas situações. Teremos uma audiência com a Comissão Atlética do Estado da Califórnia e esperamos que a investigação da USADA acabe até lá também. Com sorte, tudo acontecerá dessa maneira. Preciso assumir que no final de março teremos resolvido isso. Acredito que tem 95% de chance de ele lutar em 2018”, prosseguiu.

A data do julgamento de Jones ainda não foi divulgada.





| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui