ACIDENTE
Estouro de pneu pode ter causado acidente que matou gêmeas e bebê de sete meses
Publicado em 12/02/2018 às 16:06 | OLHAR DIRETO
+ -



A Polícia Militar de Cláudia confirmou o nome das quatro pessoas que morreram no acidente desta segunda-feira (12), na MT-423, a cerca de 40 quilômetros de Sinop (447 quilômetros de Cuiabá). Entre as vítimas fatais estão duas irmãs gêmeas e um bebê de apenas sete meses. A tragédia também deixou outras duas pessoas feridas.

As vítimas fatais foram identificadas como: Reginaldo Riguer Machado, de 20 anos, a namorada dele Camila Costa de Oliveira, de 19 anos, a irmã gêmea dela, Carina Costa de Oliveira Marques e o filho dela, de apenas sete meses, Miguel Marques de Oliveira.

As vítimas estavam em um VW Gol, com placas de Sinop, que se envolveu em uma colisão com uma Fiat Strada. A colisão teria acontecido em uma curva acentuada. “O que realmente aconteceu será esclarecido pela perícia. Porém, acreditamos que possa ter estourado um pneu do Gol. Tinha marcas de roda sobre o asfalto, era uma curva acentuada”, disse o sargento Norberto, da Polícia Militar de Cláudia.

Leia:  Psicóloga e filho são sequestrados por criminosos armados e abandonados na 'Estrada da Chapada'

O sargento também informou que os passageiros da Fiat Strada, também envolvida no acidente, foram socorridos para uma unidade de saúde da cidade e passam bem, já que não sofreram ferimentos graves.

A picape trafegava em direção a Claudia, enquanto que o gol fazia o sentido inverso. Os dois veículos acabaram fora da rodovia estadual, por conta da força do impacto. O VW Gol foi atingido na lateral, o que pode ter potencializado as lesões nas vítimas.

Uma equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foi para o local realizar os trabalhos. O caso será investigado pela Polícia Judiciária Civil (PJC).






Deixe um comentário

avatar
   
Notificar