MATO GROSSO
Casa própria representa mudança na vida de 100 famílias
Publicado em 21/04/2017 às 00:51 | CenárioMT com Assessoria
+ -



Representantes de 100 famílias do município de Jangada (distante 90 km de Cuiabá) receberam oficialmente na manhã desta quinta-feira (20.02) as chaves de sua casa própria, deixando de vez o aluguel. A entrega foi feita pelo governador do Estado, Pedro Taques, e o superintendente da Caixa Econômica Federal em Mato Grosso, Moacyr do Espírito Santo. As mais de 400 pessoas contempladas com um imóvel vão viver no residencial Altos Passa Três, o primeiro a ser entregue pelo Governo do Estado neste ano.

O empreendimento, localizado a 100 metros do Centro do município, integra o programa federal ‘Minha Casa, Minha Vida’ e foi construído com recursos da União e do Estado, por meio da Secretaria das Cidades (Secid-MT), somando um investimento de R$ 6,7 milhões. “É uma casa, pequena, simples, mas uma casa que vai mudar a vida dos senhores e das senhoras. Há quanto tempo estão esperando uma casa como essa? Cinco anos?”, perguntou Taques após entregar pessoalmente as chaves para alguns moradores.

O casal Silvano e Maria Nialhia, ambos com 77 anos, está entre as pessoas que receberam as chaves da casa das mãos do governador. Emocionada, dona Maria relatou que não esperava ser contemplada com uma unidade habitacional. “Estou muito feliz. Tenho um casal de filhos e eles estão agradecendo a Deus por nós termos conseguido essa casa. Hoje é um dia especial”, contou ela. O marido, senhor Silvano, é agricultor aposentado e acrescentou: “a vida toda morei de aluguel, agora vou pagar minha própria casa”, destacou.

A dona de casa e jangadense Joseli Maria de Jesus, 32 anos, também saiu da cerimônia com o direito de morar na sua casa própria. Com cinco filhos e esperando o sexto, ela contou que apenas seu marido trabalha e sair do aluguel será um alívio para a família. “É muito bom tem uma casa da gente”, afirmou a moradora, que teve ainda a sua futura residência visitada pelo governador Pedro Taques.

Outra moradora que não conteve a felicidade durante o evento foi Eunice Chagas da Silva, de 29 anos. Ela é cadeirante e estava acompanhada no evento de sua mãe, Madalena Patrícia da Silva. “Vou morar sozinha com meu filho de 10 anos. Estou muito feliz porque não precisarei mais de outras pessoas para tudo. Minha vida agora será bem mais fácil”, relatou a jovem, que está entre os moradores com direito a uma casa adaptada às suas necessidades.

No decorrer da cerimônia, o deputado estadual Wilson Santos, ressaltou a importância do residencial para o município de Jangada, a parceria com Caixa Econômica, e fez um alerta aos beneficiados com uma unidade habitacional. “Não desfaçam da casa que estão recebendo, não vendam a casa, não aluguem a casa. Esse tipo de coisa será informado para Caixa Econômica e seu nome vai para um cadastro e nunca mais você poder ter um outro imóvel pelo banco”, alertou.

Para fechar, o ato o prefeito do município, Ederzio de Jesus Mendes, salientou que as casas do residencial passaram por vistoria da prefeitura e estão em perfeitas condições. “Fizemos isso por uma questão de transparência. A nossa preocupação era entregar uma casa de qualidade para vocês”, afirmou à população presente.

A casa

O residencial Altos Passa Três começou a ser edificado em 2014, porém só ganhou impulso na gestão atual com investimento de R$ 789,6 mil do Governo estadual. As casas do empreendimento têm 52 metros quadrados, com dois quartos sala, cozinha e banheiro, além de grandes janelas.

Segundo informações da Caixa Econômica, os moradores sorteados pelo município possuem renda média de R$ 1800. A prestação da casa está entre R$ 80 e R$ 270. “Esse residencial é um exemplo de que é possível com um valor razoável edificar moradias, que daqui pra frente se transformarão em lar”, analisou o superintende do banco, Moacyr do Espírito Santo.

O secretário adjunto de Políticas Urbanas, Cláudio Miranda, complementou enfatizando a qualidade do residencial e sua localização próxima à área central de Jangada. “O residencial está muito inserido na malha urbana da cidade. Então, quando a gente vê uma entrega dessa de 100 unidades para uma população que realmente precisa, para pessoas carentes, a gente fica muito feliz e gente percebe que política do governador Pedro Taques está atendendo justamente a sua premissa de que é chegar a todo cidadão mato-grossense”, salientou Miranda, chamando atenção para a valorização pelo Governo estadual dos municípios com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), como Jangada.

Habitação

Além Residencial Altos Passa, em Jangada, o Governo do Estado, por meio da Secretaria das Cidades, entregará ainda este ano outros cinco empreendimentos habitacionais nas cidades de Cáceres, Lucas do Rio Verde, Primavera do Lesta e Sinop, totalizando mais de duas mil casas e beneficiando quase 10 mil pessoas. “Essas são ações que vamos entregar este ano, mas existem vários outros empreendimentos que estavam paralisados desde a gestão passada que estamos retomando juntamente com a Caixa Econômica”, complementou o secretário adjunto da Secid, Cláudio Miranda.

Atualmente, o programa Minha Casa, Minha Vida está em curso em 99 municípios de Mato Grosso, perfazendo mais de 14 mil moradias.  No total, o valor aportado pelo Executivo no setor de habitação chega a R$ 61 milhões.